Felipe Mortara/Estadão
Felipe Mortara/Estadão

Courchevel: onde ficar

Confira 8 opções de hospedagens para ir da cama às pistas

Felipe Mortara, Especial para O Estado de S. Paulo

29 Novembro 2016 | 04h30

Luxo e fama convivem com a simplicidade de acomodações justas em Courchevel. Do básico ao extravagante, somam-se hospedagens para gostos e bolsos variados. O que é caríssimo não necessariamente agrada a todos, vale dizer. Decorações de gosto questionável podem se contrapor a apartamentos de simplicidade aconchegante.

Numa rápida pesquisa no site oficial courchevel.com encontra-se inúmeras promoções de acomodações simples, com passe de esqui incluído, a partir de € 52 por dia, por pessoa. Sobre os hotéis, visitamos uma porção – boa parte deles, focados em um público que busca luxo e conforto. Seguem algumas opções de teto para chamar de seu, ainda que por poucas noites. 

Hotel Les 3 Vallées

Inaugurado junto com a estação de inverno, em 1947, é o mais antigo hotel de Courchevel. Apesar do ar antiquado, ou talvez justamente por conta dele, tem um charme próprio e um quê de tradição. Ficou sob o comando da mesma família por quatro gerações até ser vendido recentemente. As diárias começam em € 350.

Cheval Blanc

Notório sinônimo de luxo em Courchevel, completa 10 anos confirmando sua aura quase mítica na montanha. Conta com 36 quartos e suítes elegantes, além de um chalé de 315 metros quadrados divididos em quatro andares. Mimos levados a sério, como um treinador para se preparar fisicamente para o esqui e um chocolate quentinho que lhe esperar no fim da pista. Diárias a partir de € 1.440. 

Hotel Le K2

Requinte puro com ar contemporâneo. Apartamentos amplos e com vista para a “pista dos milionários”. Chalés que mais parecem mansões, milimetricamente decorados. Spa com massagistas competentíssimas, ofurô ao ar livre e piscina com vista majestosa. Está prevista para esta temporada a inauguração do K2 Altitude, a funcionar no antigo Hotel Kilimanjaro, com 32 suítes completamente restauradas. Desde € 900 em apartamento para casal e chalés desde € 12.500 a noite, para até 10 pessoas.  

Chalet Blanchot

Este incrível (e imenso) chalé de 568 metros quadrados abriga até 12 pessoas em seis confortáveis suítes. Sauna, piscina privada e chef particular completam o combo. A única coisa que pode incomodar os mais ecológicos é a quantidade de bichos empalhados na decoração. A partir de € 20 mil por semana. 

Hotel Annapurna

O ar tradicional não tira o charme do Annapurna, um dos hotéis mais altos dos Três Vales. Aberto em 1973, pertence ao campeão olímpico de esqui Alexis Pinturault, e muitos quartos são decorados com troféus e lembranças de suas vitórias sobre a neve. O atendimento é muito simpático e a vista desobstruída montanha acima e abaixo é o ponto forte. Diárias desde € 590. 

L’Apogée

Estofamentos em couro contrastam com a madeira clara nos 53 quartos deste simpático hotel ski-in (com acesso direto à pista). A gastronomia é um forte, com o Le Comptoir de L’Apogée, do chef Jean-Luc Lefrançois. Procure no site pelo link “3 dias perfeitos”, com ótimas dicas de como aproveitar ao máximo uma curta estadia em Courchevel. Diárias a partir de € 1.250.

La Sivolière

Escondido na pista vermelha Dou du Midi, em meio a um bosque, este até que despretensioso hotel-butique tem a versatilidade de ser adequado a famílias e casais. Além de área recreativa para crianças, tem um bom restaurante com ênfase em culinária típica da Savoia e foco menos em gastronomia requintada e mais em cozinha caseira. Diárias a partir de € 555. 

Aman Le Mélezin

O principal lobby abriga uma biblioteca e uma lareira convidativa. Um ambiente em que dá vontade de estar, apesar da decoração um pouco pesada que deve mudar após uma reforma para esta temporada. Do lado de fora, espreguiçadeiras à beira da pista verde de Bellecôte são o cenário perfeito para ler e contemplar a vista de Courchevel 1.850, o coração da estação. Diárias a partir de € 1.050.

Mais conteúdo sobre:
França Courchevel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.