Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Cruzeiros temáticos em ritmo de rock

Com astros do porte de Bon Jovi e Kiss, shows atraem fãs que podem ver seu ídolo de perto e ainda curtir as mordomias de um navio

Adriana Moreira, O Estado de S. Paulo

12 Fevereiro 2019 | 04h30

O que Jon Bon Jovi e Roberto Carlos têm em comum? Além de uma legião de fãs, ambos fazem shows em cruzeiros temáticos. O projeto Emoções em Alto-mar do cantor brasileiro está há 15 anos no mercado, com saídas lotadas ano a ano – a próxima, nesta semana, está esgotada há meses. Já o norte-americano acaba de entrar nessa onda e fará dois roteiros: um saindo em abril, de Miami, e outro em agosto, a partir de Barcelona. 

A Runway to Paradise Tour ocorre de 12 a 16 de abril, partindo de Miami e navegando até as Bahamas, no Caribe. Na cabine dupla, os preços começam em US$ 1.232 por pessoa. De 26 a 30 de agosto, Bon Jovi embarca em um tour pela Espanha, de Barcelona até a ilha de Palma de Mallorca. Os preços ali começam em US$ 1.444 por pessoa, em cabine dupla.

MAIS - 12 coisas que você precisa saber sobre a temporada 2018/2019 de cruzeiros

MAIS - Confira dicas de destinos do Caribe

Muito antes de Bon Jovi, a banda Kiss aderiu aos cruzeiros ainda em 2011. Neste ano, o Kiss Kruise já está confirmado de 30 de outubro a 4 de novembro, saindo de Miami e passando por Bahamas e Jamaica. Outro é o Monsters of Rock Cruise, em abril (esgotado), com um line-up que inclui Tesla, Skid Row, Extreme, Queensryche e mais.

 

No Brasil, o cruzeiro Energia na Veia ocorre de 13 a 19 de março no MSC Seaview, o maior navio a navegar a costa brasileira (clique para saber mais sobre ele). Ainda assim, quase todas as cabines estão esgotadas (agora, o valor mínimo por pessoa em cabine dupla é de R$ 4.068). Entre as atrações, shows de Paralamas do Sucesso, Jorge Ben Jor, Roupa Nova e Capital Inicial.

MAIS - Um roteiro de 4 dias no verão de Barcelona

Quando um ídolo da música embarca em um projeto em alto-mar é sinal de que sua audiência envelheceu? Provavelmente sim. Afinal, os preços de um cruzeiro requerem um poder aquisitivo maior do que o ingresso de um show (embora os valores dos ingressos estejam cada vez mais proibitivos). De toda maneira, é um público que terá garantido o conforto de um show organizado, sem filas e sem necessidade de deslocamento. Se depois da apresentação você estiver cansado, basta dar alguns passos até sua cabine. 

Não há problema nenhum nisso – trata-se de um mercado rentável para os organizadores e recompensador para os fãs, que além de ouvirem shows com sua banda favorita têm à disposição os confortos de um cruzeiro (como piscinas e refeições incluídas, por exemplo) e, de quebra, ainda podem curtir uma praia. 

Como toda regra tem sua exceção, a cantora pop Kesha também terá seu cruzeiro neste 2019. Embora a saída seja já no dia 17, com chegada dia 21, ainda há cabines disponíveis. A tarifa na dupla é de US$ 945 por pessoa, mas na quádrupla o preço cai para US$ 648. Parte de Tampa, na Flórida, rumo às Bahamas. 

NO SALA VIP - As novidades de Tampa, na Flórida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.