Universal Pictures/Divulgação
Universal Pictures/Divulgação

Curioso para saber onde foi gravado 'Mamma Mia 2'? Não foi na Grécia!

Embora o filme ainda se passe na ilha grega de Kalokairi, a Croácia foi a escolhida como cenário para a sequência do musical que acaba de estrear no Brasil

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

04 Agosto 2018 | 06h00

Dez anos depois, a sequência de Mamma Mia! chega aos cinemas do País sem o mesmo brilho do primeiro, mas com ainda mais inspirações para viajantes. Mamma Mia: Lá vamos nós de novo! usa como mote a inauguração do Hotel Bella Donna para contar como Donna (Maryl Streep) chegou à ilha grega de Kalokairi e se envolveu com os três pais de Sophie (Amanda Seyfried). E, para isso, se vale de muitos flashbacks.

CRÍTICA: 'Mamma Mia...' diverte, mas falta história para tanta música

No primeiro filme, a Kalokairi da vida real é a ilha grega de Skopelos, no Mar Egeu (sim, a capela no alto do rochedo à beira-mar é verdadeira). Desta vez, a ilha de Vis, na Croácia, faz o papel de Kalokairi. E não decepciona.

O filme, contudo, coloca em pauta outras sugestões de destinos para viajantes que tenham dentro de si a mesma necessidade de explorar o mundo da jovem Donna (Lily James). Separamos algumas delas abaixo.

O início de tudo

Quando o filme começa, Donna está se formando na faculdade. A deixa para entoar When a Kiss The Teacher é o discurso de formatura – a cena em que os formandos saem de bicicleta foi gravada em Wytham, vilarejo de 131 habitantes a 1h30 de Londres. Dali, Donna chega a Paris, onde encontra o jovem Harry (Hugh Skinner), antes de rumar à Grécia.

Kalokairi

Se você for fã, tiver tempo e alguma boa vontade, até dá para conhecer a Kalokairi dos dois filmes. Entre Skopelos, na Grécia, e Vis, na Croácia, são cerca de seis horas de voo (com conexão), sem contar o deslocamento marítimo. Skopelos está a 2h30 de ferry de Vólos – que, por sua vez, fica a 3h30 de Atenas. Vis está a 2h30 de ferry da histórica cidade de Split. Tudo fica mais fácil se você for uma estrela da música: nesse caso, é só chegar de helicóptero, como Ruby (interpretada por ninguém menos do que Cher).

Os penhascos escarpados, a água cristalina e a infinidade de cenas à beira-mar (além da trilha sonora do Abba) continuam em Mamma Mia 2. Com cerca de 3 mil habitantes, a ilha de Vis tem só um hotel (San Giorgio, diária a partir de 110 euros). Por isso, muita gente se hospeda em apartamentos de aluguel de temporada ou villas charmosas, como fez o elenco. 

A maior parte das filmagens se deu em outra parte da ilha, Komiza. A praia de Stiniva, considerada a mais bela da Europa em 2016, será reconhecível nas tomadas em que Bill (na juventude, Josh Dylan) e Donna saem de barco. A taverna onde Donna e suas amigas se apresentam é, na verdade, o restaurante Jastozera, e a pizzaria Pansion Dionis se transformou no mercado de Kalokairi. Na vida real, o melhor restaurante da ilha não entrou nas filmagens: Pojoda, no centro de Vis.

Infelizmente, o Hotel Bella Donna é fictício – embora haja uma página para explorar o local, como se fosse real. Acesse aqui, mas cuidado com os spoilers.

Outras paradas

Donna não é a única viajante da história. Sky (Dominic Cooper) começa o filme em Nova York, onde estuda hotelaria. Harry (Colin Firth) aparece em Tóquio, em um arranha-céu com vista para as inconfundíveis luzes de néon da cidade. Bill (Stellan Skarsgard), por sua vez, está em Estocolmo, mas pouco se vê da capital sueca. Use como inspiração.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.