Adriana Moreira/AE-20/09/2006
Adriana Moreira/AE-20/09/2006

Curitiba até a Ilha do Mel

Cultura, viagens de trem, praias desertas e trilhas são algumas das opções de turismo no Paraná

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

05 Janeiro 2010 | 01h21

Ponto de partida. Programe uma semana inteira para fazer um roteiro com muita calmaria por Curitiba e Morretes, até chegar à preservada Ilha do Mel. Você pode começar reservando um dia inteiro para conhecer a capital paranaense. Uma boa ideia é comprar o bilhete da Linha Turismo (R$ 20; www.urbs.curitiba.pr.gov.br) e passar o dia entre os principais pontos de visita da cidade, como a Ópera de Arame, o Museu Oscar Niemeyer, a Praça Tiradentes e o bairro italiano de Santa Felicidade, entre outros. O bilhete dá direito a um embarque e cinco desembarques.

Trem. No dia seguinte, acorde cedo para pegar o trem até Morretes, cidadezinha colonial no litoral do Estado. A composição parte pontualmente às 8h15 e leva cerca de três horas para percorrer 110 quilômetros pelas encostas da Serra do Mar. O trecho, operado pela Serra Verde Express (www.serraverdeexpress.com.br), sai por R$ 62 no vagão turístico e R$ 37 no convencional. Dê um passeio pela cidade e escolha um dos restaurantes para provar o típico barreado, feito com carne cozida e servido com farinha de mandioca e banana.

Quase lá. De Morretes você já estará pertinho de Paranaguá, de onde partem barcos até a Ilha do Mel ? a viagem leva 1h30. Mas não vá antes de reservar hospedagem: como se trata de um Parque Estadual, são permitidas no máximo 5 mil pessoas na ilha. Quando o limite é atingido, só entra quem garantiu a pousada. Outra opção é chegar por Pontal do Sul, que tem a travessia mais curta: cerca de 30 minutos.

Sossego. Você poderá desembarcar em Encantadas ou Brasília e, então, curtir o sossego: não há carros ou veículos motorizados. Entre as trilhas possíveis, vale caminhar até o farol (próximo à Brasília e a 2 horas de Encantadas) ou em direção à Fortaleza (a 40 minutos de Brasília). E, claro, aproveitar as praias ? muitas delas, ainda desertas.

Mais conteúdo sobre:
Curitiba Ilha do Mel trem praias trilhas turismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.