De volta para casa, mais de 100 anos depois

Dos 781 japoneses que desembarcaram do navio Kasato Maru em Santos, em 18 de junho de 1908, no início da imigração japonesa, 324 (41,5%) vieram de Okinawa. Hoje, estima-se que okinawanos e seus descendentes representem de 12% a 15% do total de nikkeis que aqui vivem - algo entre 250 mil a 350 mil pessoas.

O Estado de S.Paulo

07 Fevereiro 2012 | 03h10

Em outubro, mais de 1.200 imigrantes e descendentes de Okinawa lotaram aviões que os levariam do Aeroporto de Guarulhos à terra de seus ancestrais. Enfrentaram uma longa viagem, com escalas demoradas, para participar de um encontro mundial de originários da ilha, com mais de 5 mil pessoas, durante o 5º Festival Mundial Uchinanchu. Para os que tiveram a oportunidade de participar do evento, foi uma experiência inesquecível. Moradores de Naha foram à avenida principal da capital, a Kokusai Dôri, recepcionar os visitantes. Procuravam falar com o maior número de visitantes, expressando sua gratidão por estarem ali. E os recepcionavam com um okaerinasai - ou "sejam bem vindos de volta à casa". /J.J.O.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.