Divulgação
Divulgação

Dez motivos para ir à Europa

A Europa tem fama de destino turístico para adultos, mas acolhe muito bem famílias em férias. Grandes cidades só à primeira vista são caóticas demais para as crianças: logo você descobre atrações para vários dias.

Renata Gallo, Especial para o Estado, O ESTADO DE S. PAULO

29 Maio 2014 | 06h00

Antes de embarcar, lembre-se do check-list de documentos: passaporte; certidão de nascimento ou RG para apresentar no check-in; duas vias de autorização por escrito assinadas por mãe e pai caso a viagem seja com apenas um dos dois; e seguro com cobertura mínima de 30 mil euros. Mais em oesta.do/viacrianca.

1- Paris

Romântica, ideal para lua de mel e... corta! As crianças estão por toda parte em Paris. Quer visitar o Louvre? Em frente, no Jardim das Tulherias, há parquinhos, cama elástica e carrossel. Debaixo da Torre Eiffel, carrossel e gramadão. No parquinho do Jardim de Luxemburgo, mais um carrossel, de 1879. O mesmo parque abriga um dos teatros de marionetes mais antigos de Paris, de 1933. O Bois de Boulogne tem pesca, bicicletas, pônei e um restaurante, o Le Chalet des Iles, aonde só se chega de barco.

2- Londres

Cidade que tem uma roda gigante como cartão-postal tem de ser agradável para crianças. A London Eye, às margens do Tâmisa, fica perto do Big Ben e do Palácio de Westminster. Dá para combinar o passeio com Sea Life London Aquarium, com seus tubarões, arraias, pinguins e tartarugas. Os ônibus anfíbios do London Duck Tours são um belo passeio por terra e pela água. Fãs de Harry Potter devem visitar os estúdios da Warner Bross, onde foi filmada a série, a 20 minutos de Londres.

3- Madri

A capital espanhola, acredite, é um grande destino para férias em família. A cada praça há um restaurante e sempre um parquinho. Sangrias e presuntos para uns; corre-corre para outros. O Palácio Real de Madrid, com mais de 4 mil cômodos, é encantador. Ao longe, no horizonte, se vê um dos endereços mais divertidos da cidade, a Casa de Campo do rei, o maior parque urbano da Espanha, dividido em três atrações: o Zoo Aquarium (ursos, leões, pinguins), o Parque de Atracciones (montanhas-russas) e o teleférico, com linda vista.

4- Praga

É muita consoante para pouca vogal na capital da República Checa, cidade de ruas estreitas, torres medievais e o famoso Castelo de Praga. Um grande complexo a ser explorado aos poucos e que conta até com troca da guarda (ao meio-dia), fanfarra e a casa onde morava o escritor Franz Kafka. Perto, na colina Petrin, chegar à torre de observação, réplica da Torre Eiffel, requer subida em funicular e, depois, força para encarar 299 degraus. A alguns passos da torre há um labirinto dos espelhos.

5- Veneza

Pasta, pizza e gelato. Tudo familiar e gostoso. E, se as três preferências infantis forem degustadas em uma cidade cercada por água, onde não há motos nem carros, mas vaporettos e gôndolas, ah, isso sim são férias! Correr pela Praça São Marcos deve ser bem divertido, e navegar entre os labirintos de canais em uma gôndola, indispensável. Também vale comprar máscaras para os pequenos se fantasiarem, e ir de barco até Murano para conhecer as fábricas de vidro. Todos aqueles vasos lindos e coloridos são feitos com fogo e sopro, acredita?

6- Lisboa

Familiar, Portugal é uma oportunidade de ter aula de história na prática e desvendar a terra de Pero Vaz, Álvares Cabral e o rei Dom Manuel que o Palavra Cantada vive repetindo em Pindorama. Da Torre de Belém partiram as caravelas. O bonde amarelo Elétrico 28 sacoleja pelos bairros históricos em uma forma divertida de city tour. O Museu Nacional dos Coches tem carruagens, liteiras e carrinhos de crianças. No moderno Portal das Nações ficam o teleférico e o espetacular Oceanário de Lisboa.

7- Amsterdã

Repare: as bicicletas estão cheias de cadeirinhas e carrinhos acoplados. A cidade é totalmente amigável aos pequenos. Para explorar os canais, passeios de barco e pedalinho. Faça piquenique no Vondelpark e visite o Rosen Garden, com mais de 70 espécies de rosas. O Amstelpark tem parquinho e fazendinha. O Nemo Science Center é museu da ciência e tecnologia em forma de barco. E o Museu Van Gogh tem em sua coleção mais de 200 telas do pintor holandês... feitas de tracinhos!

8- Pontresina

Cenas de contos de fadas com trenós, pinheiros e neve devem ter sido inspiradas em Pontresina, cidade suíça a 7 quilômetros da badalada St. Moritz. Pontresina, a 1.800 metros de altitude, tem programação para toda a família. No inverno, escolinhas de esqui e passeio de trenó. No verão, bicicleta pelo vale com carrinho para crianças acoplado. Subir de teleférico a Diavolezza é passeio clássico. Para uma vista de tirar o fôlego, aventure-se pelo bondinho histórico de Muottas Muragl, que leva turistas a mais de 2.400 metros. 

9- Copenhague

Um parque de diversões inaugurado em 1843 é bom motivo para visitar Copenhague com a família. O Parque Tivoli tem um dos maiores chapéus mexicanos do mundo e nele também brincou Hans Christian Andersen, autor de clássicas fábulas infantis – visite a estátua da Pequena Sereia, história narrada por ele. No Canal Tour é preciso se abaixar dentro do barco para passar sob pontes. De maio a setembro, crianças a partir de 4 anos podem fazer parte da tripulação de um barco do Viking Ship Museum.

10- Atenas

A história contada na Acrópole diz respeito a toda a civilização ocidental. É o passeio mais importante de Atenas. Ruas pavimentadas de mármore e ruínas de templos de deusas podem aguçar a imaginação das crianças. O Parthenon, de 432 a.C. – dá para imaginar como era a vida naquele tempo tão distante? O metrô é cheio de relíquias descobertas nas escavações. Visite o Museu Arqueológico totalmente renovado e, com tempo, navegue rumo às famosas ilhas gregas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.