Diversão também para as crianças

Quem viaja na companhia dos pequenos deve esticar até Baltimore, não muito distante da capital

Wilson Baldini Jr, O Estado de S.Paulo

20 Janeiro 2009 | 02h15

Baltimore deve estar no roteiro de quem viaja com as crianças. E a principal razão é o National Aquarium, que compensa com sobras os 45 minutos de carro e o trânsito lento, caso deixe para pegar a estrada no horário de pico. Se preferir, vá em 35 minutos usando os trens da Amtrak (www.amtrak.com): garantia de conforto e segurança.   Veja também: Washington vive momentos de euforia. Na política e no turismo Você no palco de grandes decisões Acervos inacreditáveis - e gratuitos Para brincar de espião, policial ou jornalista por um dia Três bairros concentram o agito Grifes e souvenirs para lotar a mala  Em Chicago, o lar do presidente  Tour para ver a vovó famosa  O destaque inquestionável do aquário é seu cinema 4D. Com o filme Expresso Polar como tema e Tom Hanks no papel principal, a atração encanta os pequenos. Além de ver as imagens em três dimensões (óculos especiais tornam tudo muito real), os espectadores sentem o cheiro do chocolate quente oferecido no trem do filme e se assustam várias vezes com espirros de água e com os remelexos das cadeiras. Mas os três amplos andares do aquário têm muito mais a oferecer aos visitantes. Um piscinão logo na entrada - com arraias, tubarões e uma série incrível de peixes - serve de amostra do que virá a seguir. Os pequenos mal conseguem segurar a ansiedade. O show de seis golfinhos, realizado três vezes por dia, está entre as atrações mais disputadas. Explica-se: o espaço destinado às apresentações não é grande. Ao contrário da área de selva, no andar superior. Lá estão diversas espécies de pássaros - e meia dúzia de morcegos gigantes! As crianças só relaxam quando os funcionários do aquário explicam que os animais se alimentam basicamente de frutas. O National Aquarium fica em uma região nobre de Baltimore. Hyatt, Intercontinental e Renaissance são alguns dos hotéis próximos. Opções para quem quer ficar mais tempo na cidade. Também há um aquário em Washington, mas não é tão caprichado. A três quarteirões do National Aquarium, o Port Discovery Children's Museum tem estrutura que até lembra um pouco a do Parque da Mônica, do Shopping Eldorado, em São Paulo. Todos os brinquedos são interativos e bastante educativos. As crianças podem fazer uma aula particular de futebol em uma miniquadra de futsal, além de aprender como devem se comportar em um posto de gasolina ou em um prédio em construção. National Aquarium: www.aqua.org; o ingresso custa US$ 29,95 (R$ 69, adultos) e US$ 19,95 (R$ 46, para crianças de 3 a 11 anos) Children's Museum: www.portdiscovery.org; US$ 11,75 (R$ 27)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.