Sam Hodgson/NYT
Sam Hodgson/NYT

Eclética, San Diego se revela no embalo da brisa californiana

Assim como sua rival urbana Los Angeles, San Diego é mais do que um conjunto disperso de comunidades conectadas por pulsantes rodovias arteriais. Pode ser um centro militar em Coronado, um balneário surfista na eclética Ocean Beach ou, ainda, uma cidade fronteiriça no histórico Barrio Logan, a um passo do México. Mas a identidade de San Diego compartilha de uma casualidade que só a brisa do sul da Califórnia traz.

FREDA MOON / SAN DIEGO , THE NEW YORK TIMES, O Estado de S.Paulo

16 Abril 2013 | 02h14

Seja no belo visual do fim de tarde nos deques de Harbor Island ou nas barracas de comida da Adams Avenue, a cidade revela pouco a pouco seu estilo de vida. Graças à sua falta de pretensão, ela muitas vezes é vista por visitantes como um lugar insípido, dotado de uma felicidade simples e com uma quantidade excepcional de sol. Dependendo da profundidade com que se olhar, isso é tudo que se vê.

Mas há, afinal, coisas piores do que palmeiras imponentes, flores tropicais, azulejos espanhóis, chinelos nos pés durante todo o ano, tacos de peixe fresco, fogueiras na praia...

  Emoção à beira-mar. Que tal começar o dia com uma dose extra de adrenalina? Em frente à praia de Mission Bay, o Belmont Park (belmontpark.com) oferece diversão vintage. Faça um passeio vertiginoso na Dipper, montanha-russa gigante de madeira (US$ 6 por pessoa).

Para se recuperar da emoção, siga para o C Level (cohnrestaurants.com), restaurante debruçado sobre a água em uma plataforma em Harbor Island. A vista engloba toda a Baía de San Diego com seus navios da marinha, em Coronado, o imponente skyline do centro e barcos com mastros altíssimos do Museu Marítimo.

De segunda a sexta-feira, das 15h30 às 17h30, a casa oferece um menu especial com coquetéis a US$ 5 - incluindo o desi arnaz, que leva rum de manga, suco de mamão, hortelã, limão e soda.

Prove também os lanches, como os camarões e mexilhões embrulhados e cozidos no vapor com chouriço. Para a sobremesa, deixe a beira-mar e siga para a região de Normal Heights. Na Adams Avenue (número 3.450), prove

o chocolate mexicano feito em casa ou o sorvete de banana com nozes do Mariposa Ice Cream. Outra opção são as paletas (espécie de picolés) do Viva Pops (3.330), em sabores como limonada com lavanda, caramelo salgado e manga com chilli.

 

Passado vivo. Se for possível, prefira chegar a San Diego de trem. Inaugurada em 1915, a Santa Fe Depot (Union Station) é uma estrutura de estilo espanhol rodeada de fontes, palmeiras e bancos decorados com mosaicos de azulejos. Ao lado, o antigo edifício usado para guardar bagagens foi transformado no Museu de Arte Contemporânea de San Diego (mcasd.org).

A mostra The Very Large Array (foto), uma exposição de obras de cerca de 100 locais e artistas de Tijuana, fica em cartaz até o ano que vem e ajuda entender a atmosfera de San Diego como uma cidade de fronteira. Entrada a US$ 10.

Fundada em 1769 como a primeira das 21 missões da Califórnia, a Basílica de San Diego de Alcalá possui um passado sangrento e politicamente complicado. Hoje, este marco histórico nacional se transformou num local de paz extrema - uma paróquia ativa numa encosta verde, dotada de um jardim em estilo espanhol no centro. Na loja, é possível comprar arte popular mexicana como milagros (amuletos) e cerâmica talavera.

 

Do típico ao inusitado. Uma vez em San Diego, vai ser difícil não comer tacos ao menos uma vez. Inaugurado em 2011 e amado pelos locais, o Carnitas' Snack Shack (carnitassnackshack.com), em North Park, tem como especialidade a carne de porco. Entre as opções, carnitas com guacamole e salsa fresca (US$ 7), barriga de porco duroc assada com salada de maçã e rabanete (US$ 8) e sanduíche de bife com jalapeño no pão de queijo cheddar (US$ 9). Com mesas ao ar livre e aquecedores em torno de uma escultura gigante de um porco de metal.

No eterno debate sobre onde encontrar os melhores tacos de frutos do mar da cidade, procure as respostas no Blue Water Seafood & Grill (bluewaterseafoodsandiego.com). O menu propõe ao cliente uma aventura subaquática a seu gosto, listando 12 tipos de frutos do mar - incluindo salmão escocês, albacora havaiana e halibute do Alasca -, seis tipos de marinada e quatro formatos possíveis: salada, sanduíche, prato ou tacos (de US$ 4 a US$ 25).

Para os corajosos, o Northgate Market, uma enorme mercearia mexicana com praça de alimentação, oferece tacos de sabores inusitados, como língua e cabeça de boi, e outros mais tradicionais - caso do pastor (carne de porco assada no espeto).

 

Nas curvas da estrada. Com 15 museus e um dos mais respeitados zoológicos dos Estados Unidos em seus 1.200 hectares de colinas, jardins, florestas e desfiladeiros, o Balboa Park (balboapark.org) não pode ser totalmente explorado em um fim de semana, muito menos em uma tarde. Mas, para uma visão geral, a Rides San Fly Diego propõe passeios em bicicletas elétricas (US$ 75 por pessoa, incluindo lanche, água e capacete) que chegam a 20 quilômetros por hora. O percurso tem nove quilômetros de terra, dura 2 horas e pode ser feito por ciclistas a partir de 16 anos.

Muita aventura? Opte então por cair na estrada, dirigindo ao longo do litoral. Antes, uma rápida parada no Roasters Bird Rock Café em La Jolla (birdrockcoffeeroasters.com). A cada curva, contemple os penhascos de arenito do Sunset Cliff até o Cabrillo National Monument. Ali, caminhe 4 quilômetros pela costeira Bayside Trail, perto de onde Juan Rodriguez Cabrillo desembarcou com a primeira expedição europeia, em 1542.

 

Para todos os gostos. Você tem fome de quê? Para começar o dia, o central Little Italy's Extraordinary Desserts (extraordinarydesserts.com), serve, a partir das 11 horas, um brunch (US$ 20,95) com queijos importados, frutas frescas, granola caseira, salmão defumado, bolos e pães rústicos. Reserve.

Ao norte, outra opção interessante para começar o dia é o Island Style Cafe (islandstylecafe.com), em estilo havaiano. Peça as coxas de frango frito em estilo coreano (U$$ 8,75) servidas com salada de macarrão e um copo de POG, suco de pomelo, laranja e goiaba (US$ 2,50).

Para sair da atmosfera urbana, cruze a costa até o Cottage in La Jolla (cottagelajolla.com), bangalô surfista com delícias como panquecas de limão e ricota (US$ 10,95) e polenta com molho de tomate, queijo de cabra e pesto de couve (US$ 11,95). Aproveite que está lá e continue ao norte até o Torrey Pines State, reserva que abriga uma das mais raras espécies de pinheiro do mundo, além de penhascos de arenito à beira-mar e uma lagoa repleta de aves.

 

Sempre geladas. Um dos principais centros da indústria cervejeira dos Estados Unidos (e em contínua expansão), San Diego guarda uma intimidadora diversidade de cervejarias. São mais de 70 no total - dessas, pelo menos 20 foram inauguradas no ano passado. Cada uma possui seu próprio foco, como as loiras potentes com nomes que parecem de bandas de heavy metal (Diabo Horny, Evil Red Dead) da AleSmith Brewing Company (alesmith.com).

Já o ambiente da Société Brewing Companhia (societebrewing.com) lembra uma fábrica do século passado, enquanto a Lightning Brewery (lightningbrewery.com) esbanja um tom mais tecnológico em sua produção.

Como nem todas contam com tours em suas fábricas, a melhor maneira de provar os rótulos locais é mesmo nos bares. Em South Park, rockabillies e veteranos se revezam na Hamilton's Tavern (hamiltonstavern.com) jogando shuffleboard, um tipo de bocha. O bar, que tem 28 torneiras de cerveja, dois motores de barril e cerca de 200 tipos da bebida engarrafada, afirma ser o mais antigo da cidade.

Outra opção é o supercaliforniano Kava Lounge (kavalounge.com), mistura de bar, discoteca e espaço de artes que promove a "vida noturna do futuro do planeta". Coquetéis veganos, dance music experimental e aulas de "balé para dançarinos do ventre" fazem parte da programação. O desafio é encontrar o prédio, que não tem identificação - apenas o Olho da Providência pintado na entrada.

Para variar a bebida, siga para o despojado Aero Club (aeroclubbar.com), que oferece mais de 600 uísques - e uma decoração divertida, com aviões de brinquedo pendurados no teto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.