Mônica Nóbrega/Estadão
Mônica Nóbrega/Estadão

Em Marte ou à procura de Nemo

Pode me chamar de saudosista. Mas, ao menos para mim, não há possibilidade de ir ao Epcot e não me jogar no Mission: Space. Tem gente que não gosta, sente tonturas, vai uma vez e nunca mais. Entendo. Eu, contudo, acho uma delícia (com exceção da fila, é claro, e as mensagens repetitivas de alerta para pessoas mais sensíveis).

LAKE BUENA VISTA, O Estado de S.Paulo

25 Junho 2013 | 02h17

Quem ficar com receio pode começar, sem constrangimento, no time verde, a versão light. Os outros ficam no grupo laranja. Todos, no entanto, vão ser mandados a uma missão especial em Marte. O simulador reproduz o lançamento de foguete e a chegada ao planeta vermelho, em gravidade zero. Você gira, chacoalha, pula e volta para a Terra de missão cumprida.

Prefere não tirar os pés do chão? Experimente a reformada pista de testes Test Track. Ou desça abaixo do nível do mar para encontrar os personagens de Procurando Nemo. A tartaruga Crush dá seus conselhos amalucados em Turtle Talk With Crush. Quem faz perguntas para ele são as crianças - que são chamadas pelo nome. Mas é preciso entender inglês, mesmo que seja para fazer as vezes de tradutor para o pequeno.

Você também pode procurar Nemo em The Seas with Nemo & Friends. Dessa vez, o peixinho laranja se esconde - e deixa o pai preocupado. Você embarca em conchinhas para ajudar na busca, um passeio tranquilo acompanhado por outros peixes do recife, incluindo Dory. Continue a nadar...

 

Pista de testes

A Chevrolet empresta sua marca para o recém-reformulado Test Track. Mas o carro quem cria é você. Primeiro, é preciso escolher que atributos colocar no veículo em máquinas que parecem saídas de um filme futurístico: velocidade, frenagem, suspensão. Um design que seja a sua cara. Depois de tudo pronto, basta sair para testá-lo. Será que deu certo?

 

Você fará curvas fechadas, passará por subidas, obstáculos. Dependendo de como for feito, seu carro pode ultrapassar os 100 quilômetros por hora na pista de testes. Ao final, você checa o desempenho da sua criação./A.M.

Mais conteúdo sobre:
OrlandoEpcot

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.