Mônica Nóbrega/Estadão
Mônica Nóbrega/Estadão

Energia para corpo e mente em Veadeiros

É certo que, se decidir aproveitar as férias de verão para conhecer as belezas naturais da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, você vai suar. E muito. Para chegar a quedas d’água e cânions é preciso percorrer trilhas que variam de 2 a 12 quilômetros, muitas íngremes e de caminho pedregoso. Banhos de cachoeira renovam a energia. Ainda mais no verão, época de mais chuva, o que deixa cheios rios e cascatas.

Lygia Rebello, Especial para O Estado

29 Outubro 2015 | 03h00

No Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (www.icmbio.gov.br/parnachapadadosveadeiros), um dos destaques é a Trilha dos Saltos. A caminhada, com cerca de dez quilômetros entre ida e volta, proporciona a visão de uma queda d’água de 120 metros e leva a um lago cristalino formado por uma cachoeira de 80 metros de altura. A Trilha da Seriema, de fácil acesso, é plana e oferece banho no verão.

Fora do parque, há mais cachoeiras em propriedades particulares – uma das mais belas é a de Santa Bárbara. Em alguns pontos, os turistas ainda podem se aventurar em tirolesas, tentar rapel ou fazer passeios a cavalo. 

A região não é famosa apenas pelo cerrado. Por estar em cima de uma enorme placa de quartzo e ser cortada pelo mesmo paralelo que atravessa a peruana Machu Picchu, ganhou fama de lugar místico. Alto Paraíso de Goiás, município perto do parque, é cheio de lojinhas de cristais e produtos esotéricos e de centros de meditação.

Mais conteúdo sobre:
Férias Verão 2016viagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.