Filip Horvat|The New York Times
Filip Horvat|The New York Times

Eslovênia, Croácia e Montenegro sem carro

Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

Ricardo Freire, O Estado de S. Paulo

19 Abril 2016 | 03h00

Vou passar 30 dias em junho entre Eslovênia, Croácia e Montenegro e, nas minhas pesquisas, só encontro relatos de quem alugou carro. Não dirijo, queria aproveitar as praias sem perder as outras atrações. O que não deixar de ver e que seja acessível de ônibus ou trem? (Ariane, São Paulo) 

É perfeitamente possível visitar as principais atrações dos três países sem alugar carro. No verão, Ljubljana, a capital da Eslovênia, é ligada por ônibus de hora em hora tanto ao Lago Bled quanto às cavernas de Postojna (veja horários em bit.ly/Ljubljbus). De Ljubljana a Zagreb, a capital croata, vá de trem: são 2h30 de viagem (veja horários em bit.ly/zagrebtrem). A partir de Zagreb, use ônibus. O site buscroatia.com traz todos os detalhes dos deslocamentos e vende as passagens online. Depois de passar dois a três dias em Zagreb, pegue um ônibus à tarde para Plitvice (2h15); no dia seguinte, visite o parque nacional sob a luz da manhã. Prossiga de ônibus a Zadar (2h15) e, dois ou três dias mais tarde, a Split (3 horas). A partir de Split, faça o circuito das ilhas próximas. Você pode ver os horários e preços dos ferries entre Split, Hvar, Brac e Korcula no site da Jadrolinija. De volta a Split, prossiga de ônibus a Dubrovnik (4h30 de viagem). De Dubrovnik a Kotor, em Montenegro, são 2h30 de viagem. Caso ainda não tenha comprado a passagem aérea, pesquise a ida até Ljubljana, com volta desde Dubrovnik. 

 

Somos um casal de 72 e 66 anos, temos bastante disposição e estamos buscando um cruzeiro pelo Adriático com enfoque em Croácia e Montenegro – todos os que encontramos dão prioridade para Itália, Turquia e Grécia, que já conhecemos. Tem uma dica? (Luci, São Paulo)

Os meganavios de cruzeiro precisam de grandes portos e normalmente cobrem muitos países numa só viagem. Para se concentrar numa região específica, a dica é procurar navios menores. Considerem o Star Clipper, um grande veleiro de 90 cabines e serviço informal (os lugares para jantar não são marcados, por exemplo), que faz roteiros de 7 noites entre Veneza, Dubrovnik, Korcula e Mali Losinj na Croácia, Kotor em Montenegro e Piran na Eslovênia, desde 1.375 libras por pessoa, com pensão completa, sem bebidas. Ou a Belle de l’Adriatique, de 100 cabines, que sai de Dubrovnik para um giro por cinco ilhas croatas, mais Split e Kotor em Montenegro, desde 1.800 euros por pessoa, all-inclusive.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.