Estocolmo do topo do Ericsson Globe

O maior edifício esférico do mundo não é atração turística apenas no visual. Desde a semana passada, quem visita Estocolmo, na Suécia, pode subir ao topo do Ericsson Globe por recém-inaugurados bondinhos. Em 20 minutos os passageiros alcançam seus 85 metros de altura e ganham uma vista privilegiada da cidade. Não há motivos para ter medo: toda a estrutura do prédio foi reforçada para suportar os trilhos e os carrinhos, que, juntos, pesam 42 toneladas. Se quiser, conheça também o interior do prédio, palco de shows e de disputados jogos de hóquei. O passeio custa 120 coroas suecas (R$ 30) e há seis saídas por hora, cada bondinho levando até 16 pessoas por vez. Saiba mais no www.globearenas.se.

O Estado de S.Paulo

09 Fevereiro 2010 | 02h24

Comida boa e barata em NY

Ainda dá tempo de aproveitar o disputado Restaurant Week de Nova York. Mais de 190 estabelecimentos prorrogaram a participação no evento até o dia 28. Uma boa oportunidade de conhecer restaurantes badalados sem levar um susto na hora de pagar a conta. Entre as opções, o italiano Barolo, no Soho, e o DB Bistrô Moderne, perto da 5.ª Avenida. O almoço custa US$ 24,07 (R$ 44) e o jantar, US$ 35 (R$ 65), incluindo entrada, prato principal e sobremesa. Confira a lista completa dos restaurantes e faça a reserva no site: www. nycgo.com/restaurantweek.

Cinema ao ar livre em Berlim

Cinema gratuito na frente do Portão de Brandemburgo. Pode ser melhor? Pode. Sexta-feira será exibida a versão completa de Metrópolis, a obra-prima dirigida por Fritz Lang em 1927, como parte do 60.º Festival de Cinema de Berlim. Perdida há mais de 80 anos, a fita original apareceu misteriosamente em Buenos Aires, em 2008, e foi restaurada. Como o filme é mudo, uma orquestra tocará ao vivo a trilha sonora. Mais informações no site: www.berlinale.de.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.