Europa: os 5 melhores pit-stops de trem

Toda viagem à Europa é assim: a gente tem mais lugares para visitar do que dias disponíveis. Uma boa maneira de fazer o seu tempo render é aproveitar deslocamentos longos para pequenas paradas, sem pernoite, em cidades que caibam num passeio de seis horas. Dessa forma, você estica as pernas, almoça e segue viagem no meio da tarde.

Ricardo Freire, O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2015 | 02h05

Córdoba (entre Madri e Sevilha). Algumas horas são suficientes para visitar a magnífica Mezquita de Córdoba e ainda passear pelo centro histórico. Compre na renfe.com passagens separadas de Madri a Córdoba (1h45) e de Córdoba a Sevilha (45 minutos). Use o guarda-volumes do terminal de ônibus, que fica em frente à estação ferroviária. De lá, são menos de 10 minutos de táxi até a Mezquita.

Verona (entre Milão e Veneza). Da estação ferroviária você pode ir de ônibus ou a pé (20 minutos) até a Arena; de lá, pode zanzar pela cidade antiga até topar com a varanda de Julieta. Compre na trenitalia.com passagens separadas de Milão a Verona (1h20) e de Verona a Veneza (1 hora). A estação tem guarda-volumes.

Assis (entre Roma e Florença). Se você não está pensando em pernoitar em Assis, o pit-stop é uma solução melhor do que o bate-volta. Como a cidade está a 2h30 de trem tanto de Roma quanto de Florença, a parada nesse trajeto evita que você volte pelo mesmo caminho. Compre na trenitalia.com passagens separadas entre Roma e Assis e entre Assis e Florença. Há guarda-volumes na estação. Um ônibus urbano leva ao centro histórico.

Bruxelas (entre Paris e Amsterdã). A viagem de 3h30 entre Paris e Amsterdã fica mais gostosa com uma parada estratégica em Bruxelas. Desça em Bruxelles-Midi, deixe suas malas no guarda-volumes e pegue o trem local rumo à estação Bruxelles-Central. De lá você vai caminhando à praça mais bonita da Europa, a Grand-Place, experimenta mexilhões e fritas numa das ruas laterais e ainda pode fazer a digestão caminhando até o Museu da História em Quadrinhos, lar de Tintin e dos Smurfs. Compre em thalys. com passagens separadas de Paris a Bruxelas (1h10) e de Bruxelas a Amsterdã (2h20).

Dresden (entre Praga e Berlim). O centro velho de Dresden, totalmente restaurado, é bastante compacto. Garanta com antecedência seu ingresso combi-ticket com hora marcada para a Cúpula Verde (Grünes Gewölbe), que abriga uma deslumbrante coleção de objetos de decoração dos príncipes da Saxônia (oesta.do/1Enwwga). Compre na bahn.de uma passagem Praga-Berlim com stopover (escala) em Dresden. A estação tem guarda-volumes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.