Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal

Everest visto de frente

A experiência. Estive duas vezes no Himalaia e, no intervalo de seis anos entre as viagens, pensei todos os dias naquele lugar. Na primeira vez fui até a montanha Kalapatthar, com cerca de 5.500 metros de altitude. Dali enxerga-se o Monte Everest de frente - por isso, muitos dizem que a vista é mais bonita que no próprio acampamento base. São 12 dias de caminhada, oito deles para subir. A trilha exige mais preparo mental que físico: é preciso determinação para não desistir. Caminha-se cerca de 6 horas por dia e o trajeto vai ficando mais difícil à medida que a altitude aumenta. Mas era um sonho estar lá, cercada pelas montanhas mais altas do mundo.

Tânia Rabello, O Estado de S.Paulo

16 Junho 2009 | 02h35

Como só é possível fazer a trilha na primavera e no outono, a temperatura durante o dia é amena. De noite, o frio é intenso - difícil de suportar sem os casacos de penas de ganso alugados lá mesmo.

As atrações. O visual das montanhas, rochas e picos cobertos de neve é inesquecível. Pelo caminho há oportunidade de visitar monastérios e assistir a cerimônias budistas. Os monges fazem o ritual conhecido como puja e distribuem lenços para serem amarrados ao redor do pescoço, como proteção.

 

Veja também:

linkRoteiros em branco e azul

linkSUÉCIA - Quarto que derrete no calor

linkNORUEGA - Miniveneza entre os fiordes

linkCANADÁ - Show de cores

linkALASCA - Um verão repleto de blocos de gelo

linkCHILE E ARGENTINA - Na Patagônia selvagem

linkANTÁRTIDA - Entre icebergs e pinguins

Melhor época. Primavera (entre março e junho, no Hemisfério Norte) e outono (de novembro a dezembro).

Quanto custa. Com a Venturas & Aventuras (http://www.venturas.com.br/), o pacote de 23 dias custa a partir de US$ 5.750 por pessoa, com aéreo.

Mais conteúdo sobre:
Viagem Himalaia Everest Kalapatthar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.