Explore as belezas de Arraial, em cima ou debaixo d'água

Agende um passeio de barco para conhecer praias incríveis como a do Farol

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

03 Fevereiro 2009 | 02h29

Fazer um passeio de barco é imprescindível para você poder dizer que conhece Arraial do Cabo minimamente. Mas sua missão turística só ficará completa mesmo com um mergulho: o destino é considerado um dos melhores points do País para a prática do esporte. Por lá, a visibilidade da água chega a 10 metros e as correntes da Antártida, que deixam o mar tão gelado, são também as responsáveis pelos nutrientes que garantem a riqueza da vida marinha.

Distante apenas 38 quilômetros de Búzios e 15 de Cabo Frio, Arraial pode ser vista em um dia, embora mereça uma exploração mais detalhada. E, de preferência, com algum planejamento. Para começar, tente reservar o tour de barco antes de chegar. Só assim você vai poder visitar a Praia do Farol - uma das mais bonitas, na Ilha de Cabo Frio -, cujo acesso precisa ser autorizado pela Marinha. De barco, o turista conhece, ainda, a Gruta Azul e almoça em um restaurante flutuante na Praia do Forno.

O mergulho, por sua vez, leva aos pontos submersos para observação de tartarugas e de cardumes de peixes coloridos. Apesar de excelente para a prática, o mar de Arraial pode ser agitado demais para os que têm estômago sensível. Se esse é o seu caso, tome um remédio contra enjoo antes de embarcar. Mas não desista da empreitada.

Mesmo com o mar revoltado (e, infelizmente, num dia em que as águas estavam turvas para o padrão de Arraial), a engenheira paulistana Angélica Olivato, de 25 anos, adorou a região. Ela aproveitou as férias para fazer um curso de mergulho em águas abertas. E amou. "Meu primeiro mergulho foi em Cabo Frio. Saí de lá decidida a fazer o curso", conta.

 

Veja também:

Região dos lagos:

linkUm roteiro para invadir de vez as melhores praias dos cariocas

linkAgito em Geribá e esportes na Ferradura

linkFuja da multidão, não de Cabo Frio

linkMariscada com os Flinstones

linkBons endereços para o merecido descanso

O assistente comercial Bruno Oliveira dos Reis, de 22 anos, escolheu Arraial para fazer sua estreia debaixo d?água. "Nunca tinha mergulhado nem de snorkel. Foi sensacional."

Pôr-do-sol

Por terra, é possível alcançar a Prainha, que você avista da estrada quando vem de Cabo Frio. Repleta de quiosques, é uma boa opção para quem quer comer um petisco ou fazer uma refeição completa. A moqueca do Quiosque da Ana, para lá de bem servida, custa R$ 60.

No fim de tarde, siga para a rústica Praia Grande, no caminho para o Pontal do Atalaia. A placidez do mar até convida a um banho. Recuse. A água fica ainda mais fria (acredite, se for sensato) que em outras da praias da Região dos Lagos. Mas ver o sol mergulhando no espelho d?água é simplesmente incrível.

Mais conteúdo sobre:
Viagem Região dos lagos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.