Nico Koster
Nico Koster

Festival reúne caravelas e barcos em Amsterdã

A cada cinco anos, cerca de 600 embarcações do passado e do presente desfilam na cidade

Felipe Mortara, O Estado de S. Paulo

04 Agosto 2015 | 00h59

Dizem que o passado não volta, mas a cada cinco anos boa parte da história marítima da Europa se reúne para navegar junto entre o Mar do Norte e o canal de Amsterdã. Caravelas e barcos a vapor do século passado se juntam a veleiros e lanchas contemporâneas de vários países para um dos maiores encontros náuticos gratuitos do mundo. Durante o Amsterdam Sail, entre os dias 19 e 23 de agosto, cerca de 600 embarcações celebram a arte de deslizar sobre as águas.

Desde 1975 o grande encontro aquático junta apaixonados pelo mar e curiosos às margens dos canais para ver barcos históricos e gente fazendo festa ao longo de cinco dias – na última edição, o público estimado foi de 1,7 milhão de pessoas. Há aulas de vela e de remo para adultos e crianças, além de atrações musicais. Programação completa em sail.nl/en-2015.

Uma das bases para acompanhar o evento é o National Maritime Museum, criado para recontar a saga marítima holandesa e suas colônias mundo afora. Moderníssimas, as dezenas de salas exibem equipamentos interativos que contam a relação do povo com o mar e com o próprio país, que avançou sobre as águas. Você pode até achar que é coisa de criança, mas o jogo em que cada um leva o próprio balde e simula as tarefas a bordo de um navio é instrutivo e divertido para todas as idades.

Entre as 400 mil peças do museu, as centenas de minimodelos encantam pela perfeição milimétrica de navios e caravelas do século 16. A sala dos mapas é de cair o queixo, com dezenas de relíquias cartográficas que remontam a 1500, parte da coleção de 60 mil livros históricos. Na saída, a lojinha é parada obrigatória. No site do museu já dá para ter uma boa ideia do museu (entrada 15 euros).

Mais conteúdo sobre:
Amsterdã Amsterdam Sail

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.