Folga embalada por futebol e brincadeiras

Motivados pela Copa do Mundo, acampamentos programaram atividades temáticas para esta temporada. E garantem também a diversão de quem não quer saber de bola

O Estado de S.Paulo

15 Junho 2010 | 02h21

Torcer em grupo nos jogos da Copa, disputar amistosos com colegas ou participar de passeios e brincadeiras que nada têm a ver com futebol. Nos acampamentos de férias, o recesso escolar de julho de crianças e adolescentes será recheado de atividades, temáticas ou não.

Assunto principal das próximas semanas, o futebol faz parte do calendário de atrações do Peraltas (www.peraltas.com.br; 11-4003-2145), em Brotas, a 240 quilômetros de São Paulo. O acampamento organizou uma semana temática entre 4 e 8 de julho; e a temporada inteira, que vai de 4 de julho a 1º de agosto, terá opções como partidas de futebol em campo gramado e na espuma, aulas do esporte e confecção de camisetas customizadas para os times formados entre os acampantes.

Outra semana será dedicada à Olimpíada. O megassucesso do cinema Avatar e modalidades artísticas como cartum e grafite serão temas abordados em períodos específicos no acampamento. Pacotes custam a partir de R$ 1.134, com duração de 5 ou 7 dias, e incluem transporte a partir de São Paulo, hospedagem, alimentação, seguro e atividades.

Treinamento. Para treinar de verdade e melhorar as habilidades técnicas no futebol, adolescentes entre 10 e 14 anos têm como opção participar da semana que o acampamento Acamerê (www.acamere.com.br; 11-5073- 9149) programou entre 26 e 31 de julho. Oito tipos de chute, quatro de cabeceio e sete de domínio da bola estão entre os fundamentos que serão aperfeiçoados nos treinos. Há ainda preparação específica para goleiros.

O pacote custa desde R$ 1.049, com transporte, hospedagem, alimentação, treinos e palestras. Nas horas vagas, os acampantes poderão aproveitar sessões de cinema, com reprise de jogos da Copa 2010, devidamente discutidos e comentados.

Para os pais

Antes

A opinião do seu filho deve ser levada em conta na escolha do acampamento. Deixe que ele mostre suas preferências - isso ajuda a reduzir a insegurança. Nunca obrigue a criança a viajar

Durante

Os acampamentos têm monitores preparados para facilitar a integração das crianças. Por isso, controle a ansiedade e evite telefonar nos primeiros dias. Mostre confiança na equipe

Depois

Incentive seu filho a dividir a experiência com colegas na volta para casa e a manter contato com os novos amigos do acampamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.