Frio em Washington e Oregon

Nas primeiras cenas do capítulo inicial, Crepúsculo destaca o frio e a chuva eternos da pequena Forks, cidade no Estado de Washington, nos Estados Unidos, onde a adolescente Bella vai morar com o pai, vinda do ensolarado Arizona.

O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2009 | 02h55

A produção do longa teve de contar com a ajudinha do inverno rigoroso dos Estados de Washington e Oregon para recriar esse clima sombrio, permanentemente imerso em neblina.

A cidadezinha da ficção é cópia fiel da Forks da vida real, que fica em Washington, tem 3 mil habitantes e foi descartada como set por falta de infraestrutura (as cenas externas foram rodadas em Vernonia). O que não impediu o Centro de Visitantes local (1.411, S Forks Avenue) de criar um mapa com a localização dos principais pontos citados no filme, distribuído gratuitamente aos turistas que passam pelo escritório.

Ali são vendidos passeios até a reserva Quileute (sabe o lobisomem Jacob?), por preço médio de US$ 40 (R$ 69) por pessoa. Portland e seus arredores devem ser vasculhados pelos aficionados por Crepúsculo. Por lá foram gravadas as sequências de maior impacto do primeiro filme. Caso da partida de beisebol dos Cullen contra os vampiros nômades e do passeio de Edward e Bella pelas copas das árvores. A mansão que serviu de lar aos Cullens fica nos bosques que cercam a cidade. E não foi usada nas cenas de Lua Nova porque, descoberta pelos fãs, virou um movimentado ponto turístico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.