Garrafas e temperos de uma gigante

Vindo do Douro, a primeira diferença percebida ao chegar à Herdade do Esporão (www.esporao.com) é a questão de escala. Enquanto pequenas vinícolas do norte produzem entre 1 e 2 milhões de litros de vinho por ano, o Esporão engarrafa 20 milhões. É a maior produção de Portugal.

O Estado de S.Paulo

15 Janeiro 2013 | 02h09

A empresa é precursora do enoturismo no país, com início em 1997, e após três anos em reforma reabriu em 2012 sua estrutura para receber turistas. Por ano, cerca de 35 mil pessoas visitam a Herdade, em Reguengos de Monsaraz.

É possível fazer um passeio de jipe por parte dos 490 hectares de vinhas. Conhecer o caminho que a uva faz até a garrafa - o rótulo Monte Velho responde por dois terços da produção da empresa. A visita passa pelas áreas históricas da Herdade, cujas primeiras informações datam de 1267.

O restaurante tem mesas ao ar livre e vista para as vinhas. Lá se pode fazer provas de vinhos e almoçar muito bem. Até 2010, a cozinha era assinada pela chef Ilda Vinagre, hoje uma das responsáveis pelas panelas do Bela Sintra, em São Paulo. Desde aquele ano, o chef Miguel Vaz é quem comanda. A preocupação é de uma cozinha com acentos alentejanos, com criações que conversam com o tradicional. / P.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.