Há 40 anos, os mesmos beijinhos, canudos, cocadas...

A lojinha é modesta, assim como sua cozinha, mas os doces lá produzidos são de uma grandeza inexplicável. Talvez porque seja impossível não associar seu sabor com a figura que mexe o tacho e produz as iguarias ali no cantinho, cotidianamente, em seu velho fogão à lenha.

O Estado de S.Paulo

17 Julho 2012 | 03h09

Desde 1965, Chico Doceiro esbanja simpatia - com direito a sorriso e sotaque mineiro - no mesmo endereço (nº 74 da Rua Francisco P. de Morais), e conquista visitantes com suas delícias açucaradas.

O carro-chefe da casa é o canudinho de doce de leite, crocante por fora com recheio deliciosamente cremoso, que derrete na boca de maneira única. A unidade sai pela bagatela de R$ 0,50. Quem resiste? Para variar o paladar, vale provar - e levar para casa - cocadas, beijinhos e doces de compotas. / B.T.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.