Hemisfério Norte inicia temporada consumista

Saem de cena os enfeites natalinos e entram enormes faixas e cartazes indicando tentadoras liquidações. Pelo menos nas vitrines do Hemisfério Norte, onde o início do ano é tradicionalmente marcado pela esperadíssima temporada de descontos da coleção de inverno.

O Estado de S.Paulo

27 Dezembro 2011 | 03h06

Basta uma voltinha nos centros comerciais de metrópoles europeias como Barcelona, Paris e Londres para perder a conta de quantos avisos de redução de preços - que facilmente passam dos 50% e podem chegar a 75% - estão espalhados pelas lojas. Entendeu porque vale a pena esperar o Natal passar para, aí sim, usar e abusar do cartão de crédito?

Na Espanha, o esquema das liquidações é organizadinho: as rebajas (rebajas2012.com) são realizadas no país todo, com data marcada para começar e terminar. A loja que desrespeita os prazos está sujeita a pagar multa. Neste ano, o período vai de 7 de janeiro a 6 de março, apesar de existirem algumas exceções, caso da capital, Madri, que vai dar início às promoções no dia 1.º de janeiro, com descontos que seguem até 30 de março.

Prepare-se para enfrentar filas quilométricas e lutar (literalmente) pelas peças que deseja nas filiais da Zara e Mango, onde os preços vão sofrer reduções de até 70%. Outra preferida dos consumistas é a loja de departamentos El Corte Inglés, presente nas principais cidades espanholas. Como de costume, a rede promete 50% de descontos também em itens de grife, como perfumes, óculos de sol, sapatos e roupas.

Na semana seguinte, no dia 11, é a vez de Paris inaugurar sua temporada de soldes (shoppingbyparis.com). Pechinchas são encontradas nos mais famosos endereços de moda na cidade. Sim, isso inclui Galerias Lafayette e Printemps, que viram verdadeiros formigueiros humanos graças às peças de grife vendidas por metade do valor da etiqueta.

Quer alta costura? Lojas da chiquérrima Avenida Montaigne e da Rua Saint Germain participam com descontos de até 60%. E muitas aproveitam o entusiasmo dos consumidores (brasileiros são muito bem-vindos por lá) para estender o horário de funcionamento nos fins de semana.

Apesar do tamanho reduzido, em Londres a festa consumista já começou. É na Regent Street (regentstreetonline.com) que as sales de janeiro são mais expressivas, em lojas como Lacoste, Banana Republic e Burberry. Também é a hora certa de garantir aquele vestido descolado na Anthropologie ou uma das colônias da Penhaligon's. Se as araras da rede de fast fashion H&M estão na sua lista, vale o aviso: vá com disposição para filas e o corpo a corpo com outros consumidores. O período de liquidação vai até 23 de janeiro.

Emirados Árabes. Um mix de performances artísticas e fogos de artifício inaugura, no dia 5, o Dubai Shopping Festival (dubaicalendar.com/en). Em sua 17.ª edição, o evento vai contar com cerca de 50 shoppings centers e outlets ávidos para atrair consumidores com descontos de até 75% em eletrônicos, roupas, acessórios, joias e perfumes.

Além do cenário mágico para as compras, uma programação cultural acompanha o evento, que promoverá shows e exibições por toda a cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.