Homens santos, lugares fantásticos

A paisagem lunar da Capadócia traz a lembrança imediata de São Jorge. Santo Antônio abençoa a italiana Pádua e São Patrício praticamente governa Dublin. Conheça as localidades onde esses iluminados viveram

O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2008 | 02h35

Santo Antônio de Pádua ganhou uma bela basílica na cidade italiana onde viveu boa parte de sua vida religiosa. Pádua, aliás, reúne jóias arquitetônicas. Caso do Castelo de Monselice, erguido entre os séculos 11 e 16. E do Jardim Botânico, de 1545, o mais antigo criado em uma universidade. Está na lista de patrimônios mundiais da Unesco. A paisagem esculpida pelo vento na Capadócia teria sido o cenário onde São Jorge viveu parte de sua vida antes de se mudar para a Palestina. A região é uma das mais belas da Turquia - e também integra a lista dos patrimônios da humanidade da Unesco. Quase tudo em Dublin leva o nome de São Patrício (na foto, a catedral), que difundiu o cristianismo entre os celtas da cidade, no século 5.º. A festa em sua homenagem ultrapassou as fronteiras da Irlanda e deixa o mundo mais animado em 17 de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.