Iluminado Renoir

Debruçada sobre o mar. O principal predicado de Cagnes-sur-Mer, na Côte d'Azur, acompanha o nome da cidadezinha, para que ninguém tenha dúvidas. Pierre-Auguste Renoir não teve. Pela luz incomparável da região apelidada de Riviera Francesa, escolheu a vila como endereço nos 12 últimos anos de sua vida, até 1919.

O Estado de S.Paulo

14 Agosto 2012 | 03h10

Ali, impedido de se movimentar devido a uma forte artrite, pintava o que via pela janela de Les Collettes, sua casa hoje transformada em museu - fechada até meados de 2013 para restauro. Até lá, o acervo pode ser visto integralmente no Castelo de Grimaldi (www.cagnessurmer.fr/culture/chateau_musee.php; entrada: 3 ou R$ 7).

Repleto de casinhas de pedra coloridas, o centro da cidade bem merece uma caminhada. E por lá há também uma avenida à beira-mar, com calçadão (foto).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.