Impalpáveis souvenirs

Já acabou o verão em Bastia e, pouco a pouco, o aroma de lavanda, sálvia, tomilho e ervas silvestres vai se dissipando. Nada que deixe a cidade francesa menos interessante. É outubro, mês de festival de música. E sempre há casanis pastis, moscatel e queijo brocciu branco suave para temperar o outono. E o inverno, a primavera...O festival Les Musicales de Bastia (www.musicales-de-bastia.com) começa dia 15 e vai até 19 com boa música para os mais variados gostos - clássica, jazz, blues. Independentemente dele, vale visitar a cidade e, mais ainda, concentrar-se somente nela. Não é desperdício algum deixar o resto da Córsega para outra viagem. Apesar do barroco das igrejas, do Vieux Port (Porto Velho) e das casas que parecem desenho, as memórias mais intensas de Bastia podem vir do paladar e do olfato. Figatellu (salsichas fritas), prisutu (presunto defumado) e migliaccilou (panquecas com queijo de cabra) são algumas das deliciosas especialidades da região.O melhor lugar para experimentar a culinária tradicional e sentir o antigo fervor revolucionário é o U Tianu (4 Rue Mgr Rigo, 0--33-4-9531-3667), uma estalagem escondida em uma das ruas laterais que saem da praça do l?Hôtel de Ville.Os freqüentadores pedem pratos de charcuterie e sopa de legumes no andar de cima, cheia de lembranças nacionalistas. Comida sem política é consumida no sofisticado A Casarella (6 Rue Sainte-Croix, 00--33-4-9532-0232), renomado pela culinária criativa.Dos restaurantes ao redor do Vieux Port, o Quai Sud (2 Rue de la Marine, 00-33-4-9558-2347) é muito bom. Os que ficam na esquina no Quai des Martyrs, perto do Nouveau Port (Porto Novo), são mais baratos. Experimente os restaurantes Chez Mémé (00--33-4-9531-4412) ou Côte Quai (00-33-4-9558-2065) se quiser frutos do mar.E não esqueça do Cap Corse, o aperitivo. SuaveUma paisagem imprevisível e dramática rodeia o pitoresco Vieux Port (Porto Velho), praticamente intocado durante anos, assim como as igrejas barrocas da cidade de Bastia. As casas amontoadas, em tons pastel e com terraços de ferro adornado, formam uma atmosfera diferente. A poderosa cidade genovesa fortificada domina todo o panorama. RococóAs construções altas e desbotadas e as estreitas ruelas - tanto do porto velho como do novo - valem uma observação mais detalhada. De dia, para admirar a arquitetura barroca; à noite, por causa dos bares e dos restaurantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.