Inglês, espanhol e high school: imbatíveis

Variedade de destinos e duração flexível estão entre os atrativos

CAMILA ANAUATE, O Estado de S.Paulo

17 Junho 2008 | 02h44

Eles são os pioneiros e, ainda assim, os cursos mais procurados por jovens que sonham em passar uma temporada no exterior. Afinal, saber falar inglês e espanhol é um requisito básico para se destacar no mercado de trabalho. E qual a melhor maneira de aprimorar o conhecimento dos idiomas, treinar a fluência e enriquecer o vocabulário? Viver in loco as mais diferentes situações é a resposta mais eficiente. Não à toa, os cursos de inglês lideram as vendas das agências de intercâmbio, segundo dados da Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta). E os de espanhol ganharam mais espaço a partir da criação do Mercosul, na década de 90. Há inúmeras opções nas empresas: para qualquer destino e com duração variada. Outro programa que nunca saiu de moda é o de high school, um dos primeiros a ser vendido no Brasil, ainda na década de 60. É exclusivo para estudantes do Ensino Médio, que podem passar de seis meses a um ano no exterior cursando uma série. Nesse programa, os jovens geralmente ficam hospedados em casas de família e têm a oportunidade de viver a rotina dos moradores. Abaixo, algumas opções (não incluem passagem aérea): INGLÊS Na CI, quatro semanas de curso em Londres (Inglaterra), na Escola St Giles, por 954 libras. Inclui acomodação em casa de família (quarto individual) com café da manhã. A Experimento tem curso em Cambridge. Quatro semanas e acomodação em casa de família (quarto duplo) com meia pensão custam US$ 2.420. A Intercultural vende pacote para a Cidade do Cabo (África do Sul). O curso tem quatro semanas e custa US$ 1.120. Inclui hospedagem em quarto individual com café da manhã. A Pressto tem programa de 25 semanas de aula em Dublin (Irlanda). Por 2.950. O STB tem programa em Santa Mônica, Califórnia (EUA). Quatro semanas de curso custam US$ 2.215. Inclui acomodação em casa de família (quarto individual) com meia pensão. ESPANHOL A Connection Line tem programa de espanhol em Sucre (Bolívia). O curso custa US$ 135 por semana. Na EF, quatro semanas de curso na Costa Rica custam US$ 1.860. Inclui acomodação em casa de família, em quarto duplo, com café da manhã e jantar. A Friends in the World tem programa em Havana (Cuba). São duas semanas de curso e acomodação em apartamento (quarto individual, sem refeições) por US$ 1.420. Na Intercâmbio & Cia, duas semanas de curso em Santiago (Chile) custam US$ 760. Inclui acomodação em casa de família (em quarto individual) com meia pensão. HIGH SCHOOL A BEX tem opções de high school nos Estados Unidos (US$ 4.300), no Canadá (8.200 dólares canadenses) e na Austrália (7.700 dólares australianos). Valores válidos para um ano letivo. Na CI, o programa de high school na Alemanha custa R$ 10.687 para um semestre. A Connection Line tem programa nos Estados Unidos por US$ 4.900 para um semestre. Na Friends in the World, um semestre letivo de high school em Quebec (Canadá) custa a partir de 12.495 dólares canadenses. Na Kangaroo Tours, o programa de high school na Austrália custa 6 mil dólares australianos por um semestre. Pode ser feito em Brisbane, Cairns, Gold Coast ou em Sunshine Coast. Na SIP, o programa ocorre em Burnaby (Colúmbia Britânica, Canadá). Um semestre custa 10.900 dólares canadenses. A SIS tem programa nos Estados Unidos por US$ 4.450 o semestre. O STB tem programa na Nova Zelândia, em escola pública. Um semestre letivo custa a partir de US$ 11.100.

Mais conteúdo sobre:
ESPANHOL HIGH SCHOOL INGLÊS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.