Jericó

A mais antiga

José Maria Mayrink, Jericó

12 Junho 2018 | 04h57

De Jerusalém, nossa minúscula caravana desceu com Lurdinha Nunes para Jericó, viajando numa van pelo Deserto da Judeia. Autoestrada moderna montanha abaixo, até o motorista pegar o atalho de uma estrada asfaltada, muito estreita e sem acostamento, supostamente na trilha dos tempos do Novo Testamento. No portão do acesso ao mosteiro ortodoxo de São Jorge, beduínos vendem lembranças da região. Vestem-se de túnicas e turbantes, mas circulam em modernas caminhonetes tração quatro rodas. 

Jericó, tida como a cidade mais antiga do mundo, pertence à Autoridade Palestina e faz fronteira com Israel na região do Mar Morto, onde termina a autoeestrada. A cidade, de 17 mil habitantes, tem arquitetura contemporânea. Do passado milenar, apenas as escavações com as ruínas de muros num pequeno quarteirão. Na montanha do deserto vizinho, pode-se visitar o mosteiro ortodoxo da Tentação, que se alcança por um teleférico. Foi ali que, mais uma vez segundo o Novo Testamento, Jesus foi tentado pelo demônio, ao final de 40 dias de jejum.

Mais conteúdo sobre:
Israel [Ásia]Jerusalém

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.