Julho: qual é a boa da Europa?

Aqueles que só podem viajar nas férias escolares costumam me perguntar se é melhor ir à Europa em janeiro ou em julho. A não ser que você queira esquiar ou ver o Natal germânico, minha recomendação é julho. O calorão do sul do continente é compensado pelos dias longos (que permitem a siesta sem prejuízo dos passeios). O mês realmente insuportável é agosto - não só pela temperatura, mas pelas multidões, já que este é o mês em que a maioria dos europeus tira férias. A melhor oportunidade do verão europeu está no norte. Em julho é agradabilíssimo viajar à Alemanha, à Holanda, ao Reino Unido, à Suíça, à Escandinávia. Gosto até de Paris nessa época: os moradores não debandaram para as praias, os restaurantes estão todos abertos e o calor convida a paradas nos cafés para uma taça de rosé em meio às caminhadas.

Ricardo Freire, O Estado de S. Paulo

09 Abril 2013 | 02h13

Mais conteúdo sobre:
viagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.