Departamento de prensa de Las Leñas
Departamento de prensa de Las Leñas

Las Leñas, Argentina

A estação argentina é puro charme e praticidade

O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 04h00

Perfil

Por ser mais compacta, Las Leñas é ideal para quem quer ter todos os serviços à mão. Hotéis, restaurantes e lojas ficam próximos à base da estação, a 2.240 metros de altitude.

Novidades

Este ano, as pistas devem começar a funcionar já no dia 10 de junho, mas a estação abre oficialmente dia 17. 

Principais passeios

No Parque Aventura, há atividades como tubing, aluguel de trenós, excursões com raquetes de neve. Outra opção divertida é a tirolesa (canopy). 

Como chegar

Durante a temporada, Las Leñas oferece traslado de Buenos Aires em ônibus-leito, em uma viagem de 11 horas, por 4.390 pesos 

(R$ 894). Considere se vale realmente a pena. Há opções para voar de Buenos Aires a aeroportos próximos, como Malargue (80 km), San Rafael (200 km) ou Mendoza (500 km). 

Além do esqui

Optando por voar para Mendoza, você pode combinar esqui com os hotéis charmosos e as visitas às vinícolas argentinas. 

Dicas extras

Não faltam opções gastronômicas na estação: são 14 restaurantes variados (fast-food, pizzaria, refinado, despojados) na base e outros três na montanha.

Hotéis 

As opções de hospedagem são variadas, para você adaptar de acordo com seu grupo. O Piscis é o hotel mais refinado, com 90 quartos com vista para as montanhas, sistema ski in/ski out e serviços exclusivos (cerca de R$ 4.300 por pessoa, em quarto duplo, no pacote de uma semana com meia pensão). Há também apartamentos familiares, hotéis de nível intermediário e um hostel com acomodações mistas coletivas (US$ 132 por pessoa no pacote de sete noites, com transporte regular pela vila. Consulte o site do centro de esqui para reservas.

Mais conteúdo sobre:
Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.