Edivaldo Ugarte
Edivaldo Ugarte

Lençóis Maranhenses: SUP no Rio Preguiças

Mesmo iniciantes podem se divertir se equilibrando sobre uma prancha

Bruna Toni, O Estado de S. Paulo

04 Abril 2017 | 04h30

Equilíbrio, foco e força. Como um mantra, repetia essas três palavrinhas mágicas enquanto tentava, pela primeira vez na vida, ficar em pé sobre uma prancha. O passo seguinte era acertar na dobradiça das pernas (aqui está a importância da força) e conseguir manusear os remos, tocando em frente e olhando sempre para o horizonte, como me recomendava Alexandre Ugarte, professor e dono da Espírito de Aventura. A empresa, entre outras atividades, oferece o passeio de stand up paddle (SUP) pelo Rio Preguiças, partindo da Praia do Tapuio, uma gostosa praia de rio que fica no mesmo povoado da Casa de Farinha. 

Recomendações do professor à parte, bastaram algumas poucas remadas para esta repórter desabar n’água. Falta de prática ou destreza talvez? Bem, minha colega de grupo, tão iniciante quanto eu, manteve-se de pé todo o tempo. 

De fato, a atividade não é exatamente difícil – mas exige certo esforço e concentração para seguir adiante. Até porque, caso você também se molhe, saiba que o banho no rio é delicioso e que, com permissão aos conselhos motivacionais, sempre é possível levantar, sacudir os remos e dar a volta por cima. Quer ver como você se sai? Uma hora de aula, com aluguel da prancha, custa R$ 100 por pessoa. 

Mais conteúdo sobre:
Maranhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.