Farrell/AE
Farrell/AE

Let's Rock - Nova York

Da década de 1960 em diante, um tipo de música simples e barulhenta começou a chamar a atenção em Nova York. Indiferentes à moral e aos bons costumes, bandas como Television, Stooges, MC5, Velvet Underground e Ramones criaram o punk rock e o circuito alternativo na Big Apple. Hoje, é fora de Manhattan que a cena rock’n’roll local segue seu caminho. Williamsburg, no Brooklyn, é o farol indie do momento.

Mônica Nóbrega - O Estado de S. Paulo,

19 Julho 2011 | 06h00

 

* ONTEM

CBGB

Clube símbolo da época, foi fechado em 2006. Hoje, uma loja de roupas ocupa o 315 da Bowery St. - o local também vende discos e manteve o antigo palco.

 

Trash and Vaudeville

Dos anos 70, a loja foi a primeira a vender moda punk em Nova York - os Ramones eram habitués. Fica na St. Mark’s Place, trecho podrinho de East Village.

 

* HOJE

Bowery Presents

São cinco espaços que recebem os melhores shows de rock de Nova York no momento. Music Hall of Williamsburg, The Bowery Ballroom, Mercury Lounge, Terminal 5 e The Wellmont levam estrelas consagradas (Peter Frampton, INXS) e outras mais recentes (Foster the People, Clap Your Hands Say Yeah).

 

Glasslands Gallery

Depois dos concertos, sempre por volta das 20 horas, a galeria faz festas gratuitas a partir da meia-noite, até o fim do verão.

 

Death by Audio

Entre os shows de bandas indie, o clube mantém certa rebeldia punk (a proibição de fumar em lugares fechados, por exemplo costuma ser desrespeitada).

 

* SEMPRE

Madison Square Garden

A melhor arena da cidade já recebeu Rolling Stones (para a gravação do álbum Get Yer Ya-Ya’s Out!), Led Zeppelin e outros. E continua com programação intensa.

 

*** SAIBA MAIS

 

CBGB: cbgb.com

Trash and Vaudeville: trashandvaudeville.com

Bowery Presents: bowerypresents.com

Madison Square Garden: thegarden.com

Glasslands Gallery: glasslands.blogspot.com

Death by Audio: 49 South 2nd St.

Mais conteúdo sobre:
Viagem Rock

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.