Mamãe eu quero

Recife

O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2013 | 02h08

Pinto da Madrugada

O Galo deu cria: o Pinto da Madrugada leva os pequenos pelas ruas do Recife na terça-feira. A concentração ocorre a partir das 9 horas na Praça Sérgio Loreto - por volta das 10 horas, o bloco segue frevando pelas ruas do bairro de Santo Antônio.

Olinda

Eu Acho é Pouquinho

Filhote do bloco Eu Acho é Pouco, que desfila no sábado e na terça-feira de carnaval em Olinda e no domingo no Recife Antigo, o bloco infantil sai da sede da agremiação, no bairro da Ribeira, às 8 horas da segunda-feira. Pistolas de água são sempre um sucesso nas mãos dos pequenos foliões.

Ceroulinha

Outro filhote de um clássico, o Ceroula, o bloco infantil desfila na manhã de domingo, na Rua 15 de Novembro, no Varadouro. Nem precisa dizer que não há quem esteja sem fantasia.

Salvador

Algodão Doce

Ela já segurou o tchan, mas, hoje, segura mesmo é a onda do rebolado em coreografias publicáveis e figurinos de princesa e fada. Desde o ano 2000, Carla Perez comanda o bloco infantil Algodão Doce, um dos maiores sucessos para o público mirim no carnaval de Salvador. Serão dois desfiles no circuito Avenida/Campo Grande: sábado, às 11h30, e domingo, às 10h30. Como convidados, os palhaços Patati e Patatá. Para conseguir os abadás (R$ 240 para uma criança e um acompanhante; mais R$ 130 para o segundo acompanhante), quem não está em Salvador precisa ligar para Yvone Perez (71-9991-2037) e combinar data e local para retirar e pagar as camisetas.

Happy

O animado Tio Paulinho é o mestre de cerimônias do bloco que desfila no circuito Barra-Ondina, na sexta-feira e no sábado, às 10 horas. As apresentações do grupo Babado Novo e da cantora Eliana (sim, aquela dos dedinhos) serão no sábado. Os abadás, à venda em centraldocarnaval.com.br, custam R$ 300 para os dois dias.

Rio de Janeiro

Gigantes da Lira

Desde 1999, o Gigantes desfila pelos arredores da Praça General Glicério, em Laranjeiras, com direito a estandarte e sambas-enredo. O bloco sai domingo antes do carnaval, pontualmente às 9 horas, já que não faz concentração - as crianças não gostam, segundo os pais organizadores. Com quatro metros de altura, o Gigante da Lira puxa o bloco, inspirado nos folclóricos bonecos de Olinda.

Largo do Machadinho,

Mas Não Largo do Suquinho

Os idealizadores do bloco Largo do Machado, Mas Não Largo do Copo perceberam que as crianças mereciam uma farra exclusiva, em ritmo próprio. Realizado na segunda-feira, a partir das 9 horas, reúne milhares de pequenos foliões em torno do chafariz do Largo do Machado, no Catete. Apadrinhada pelo cartunista Ziraldo, a agremiação tem no repertório canções de roda em ritmo de marchinha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.