MANHÃy

Ao fim da viagem é inescapável uma certa preguiça. Você gastou suas energias batendo pernas para cima e para baixo e o clima de volta para casa começa a tomar conta. A solução? Um tratamento de choque: mergulhar logo cedo no Museo de la Pasión Boquense (museoboquense.com). O local traduz, numa ótima exposição multimídia, a história e o fervor do clube Boca Juniors e de sua torcida apaixonada.

O Estado de S.Paulo

14 Maio 2013 | 02h08

A localização não poderia ser mais apropriada: sob as arquibancadas do mitológico estádio La Bombonera, no bairro de La Boca. Por supuesto que o ingresso, de 55 pesos (R$ 21), inclui uma espiadinha no gramado e na sala de troféus. Com direito a lojinha oficial. Só não perca a projeção em 3D que dá a sensação de estar jogando um clássico com casa cheia. Arrepia só de lembrar.

Aproveite que está por ali e siga a pé até o Caminito, a clássica viela com casinhas coloridas que aparece em qualquer álbum de turista de primeira viagem. Não se intimide, faça suas fotos também - afinal, há uma primeira vez para tudo.

Uma pedida não muito manjada na região é o Mercado Viejo da La Boca (Iberlucea 1.061), frequentado por moradores do bairro. Volte ao passado com lojinhas mambembes de quinquilharias e utensílios domésticos, que dividem espaço com livrarias e loja de arte. Uma delas é a de Sergio Horvath, de 70 anos, que pintou o vívido teto do mercado que ilustra a capa desta edição. Pegue uma cerveja Quilmes (10 pesos ou R$ 4) e arrisque um papo com ele, enquanto come uma gordurosa, porém deliciosa, tortilla de papas (15 pesos ou R$ 6) do Black Café (banca 58).

A Usina del Arte (usinadelarte.org) fica pertinho. O espaço cultural reúne exposições de artistas argentinos e estrangeiros e, de quebra, oferece uma ótima programação de música de câmara, jazz e até rock e reggae. Tudo a preços bem acessíveis.

Almoço de macho e de boleiro você encontra no El Obrero (bodegonelobrero.com.ar), um retrato fiel de La Boca. Entre fotos de craques e estandartes na parede, passam pratos de ojo de bife (contrafilé; 78 pesos ou R$ 30) bem servidos e fartas porções de papas fritas (20 pesos ou R$ 8). Ou então segure a fome para se acabar em San Telmo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.