Mascote inglesa PRATO QUENTE y Caldos e afins Passarinho não bebe Pão com sotaque Sabor local Embarque Frescurinha orgânica

Encontrada em 2011 vivendo no 72º andar do edifício The Shard, em Londres, então em obras, uma pequena raposa inspirou o mascote Romeo, à venda por 10 libras no Hotel Shangri-La, que fica no mais novo prédio da capital inglesa

O Estado de S.Paulo

15 Julho 2014 | 02h06

No Hotel Cabeça de Boi, em Monte Verde, caldos quentinhos que são a cara do inverno são servidos em canecas de duas asas. Para levar para casa, custa R$ 25 cada

CABEÇA DE BOI: HCBOI.COM.BR - DIÁRIA DESDE R$ 165; LE MEURICE: DORCHESTERCOLLECTION.COM/EN/PARIS/LE-MEURICE - 670; SHANGRI-LA: SHANGRI-LA.COM/LONDON - 450 LIBRAS; SOFITEL COPACABANA: OESTA.DO/SOFITELCOPA - R$ 720; TXAI: TXAIRESORTS.COM - R$ 1.550; UXUA CASA HOTEL: UXUA.COM - R$ 1.490; VILLA DI MANTOVA: VILLADIMANTOVA.COM.BR - R$ 789

O pão de nozes e passas do restaurante Le Pré Catelan, no Sofitel Copacabana,

no Rio, pode ser encomendado para levar para casa. De

R$ 14 a R$ 30

Preparada com ingredientes nativos,

a cocada do Txai,

em Itacaré, é feita também nos sabores maracujá e cacau.

R$ 25 a caixa com

12 unidades

Jabuticaba, limão e abacaxi são alguns dos sete sabores das cachaças produzidas, servidas e vendidas no Resort Villa di Mantova, em Águas de Lindoia. R$ 25 cada garrafa

Sabonetes (R$ 25), óleos (R$ 95) e cremes (R$ 50) orgânicos fabricados no Uxua Casa Hotel, em Trancoso, com ingredientes como alméscar, pitanga e aroeira, são usados em tratamentos no spa do hotel e vendidos aos hóspedes

Vários hotéis vendem itens que o hóspede usa em sua estadia: o doce servido na sobremesa, a louça cheia de graça. Veja sugestões - na capa da edição, a bicicleta emprestada no Le Meurice, em Paris, pode ser comprada por 2 mil. / MÔNICA NOBREGA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.