Miami

Nove dias em Miami, sem Orlando. O que ver e fazer? (Adão Roberto, por e-mail)

O Estado de S.Paulo

19 Novembro 2013 | 02h22

Eu não deixaria de ir no Wynwood Arts District (foto). As ruas têm murais de grafiteiros do nível de Osgemeos. Todo segundo sábado do mês há uma caminhada gratuita, food trucks (caminhões de comida) se espalham por lá, as ruas ficam lotadas, é sensacional.

Fora isso, tem de ir ao Jardim Botânico Fairchild Garden. Não exatamente pela vegetação que tem lá, muito parecida com a fauna tropical do Brasil, mas porque para chegar você passa por um trecho lindo de Coral Gables - são ruas, mas parece que você está no meio da selva.

Na ida ou na volta, dá para passar no Museu Vizcaya, o museu de arte que conta a história de Miami. Eu não deixaria de ir também ao Seaquarium, o primeiro lugar a promover shows de golfinhos (se você não tem nenhuma restrição ideológica a eles). É um micro SeaWorld em Miami, fica em uma ilhota que é um parque.

Dá para fazer um belo passeio de barco por Vizcaya Bay, que saem do Shopping Bayside Marketplace, em downtown Miami.

Fort Lauderdale também é interessante de visitar, tem um centrinho legal e a casa-museu Bonnet House (precisa agendar). South Beach é um lugar divertido - da Rua 20 em diante estão os beach lounges.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.