Aryane Cararo/Estadão
Aryane Cararo/Estadão

Morretes: cheia de atrativos

Entre eles, o famoso barreado, prato para experimentar nos restaurantes do centro

O Estado de S.Paulo

28 Fevereiro 2017 | 04h54

Chegar a Morretes de van ou carro, como chegamos, não é a maneira mais clássica e charmosa de se fazer a viagem até a pequena cidade de 17 mil habitantes no litoral do Paraná. Turistas preferem o famosos trem operado pela Serra Verde Express, que parte de Curitiba todos os dias bem cedo e segue pela histórica Estrada da Graciosa, antiga rota de tropeiros, que a percorriam já no século 19. 

Mas os atrativos da cidadezinha independem do meio de transporte: no centro, que tem apenas seis quadras, tudo pode ser feito a pé. Uma feirinha de artesanato, doces e bugigangas fofas, dessas difíceis de resistir, recepcionam os visitantes. É no entorno da Rua das Flores que estão concentrados, além das barracas e das lojas, restaurantes como o Serra Verde Express, onde paramos para experimentar o mais famoso prato paranaense, de origem tropeira: o barreado (R$ 59).

Para além da simpatia urbana de Morretes, o forte são as atividades na área rural, que ocupa 60% do território. Aposte em passeios como a Cachoeira Véu de Noiva, o Pico do Marumbi e o Morro do Sete.

Onde ficar: há 450 leitos na cidade. Destaque para a Pousada da Graciosa, Bella Morretes e Porto Real Palace

 

Como ir: de Curitiba parte o trem de luxo da Serra Verde Express (bit.ly/amorretes). De Antonina há transfers

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.