Na Copa, hospedagem de elite para seleções favoritas

Durante a Copa do Mundo, os atletas das principais seleções estarão confinados em hotéis e resorts luxuosíssimos, com irresistíveis spas, infraestrutura de lazer completa e suítes com vista para a exuberante savana sul-africana. Confira os melhores refúgios do país, veja por que foram escolhidos pelos times e constate: a vida de um boleiro pode ser muito boa...

Bruna Tiussu, O Estado de S.Paulo

08 Junho 2010 | 03h53

Brasil

Fairway Hotel

www.thefairway.co.za

O hotel da nossa seleção foi inaugurado com algum atraso, há um mês, mas cumprindo as exigências do técnico Dunga: privacidade, conforto e estrutura de primeiro mundo. Com 62 quartos luxuosos (cama king size, televisão de plasma, frigobar, máquina de fazer café, banheira e internet), o Fairway fica no Randpark Golf Club, um dos mais tradicionais de Johannesburgo, e está a 4 quilômetros da Hoërskool Randburg, escola onde os atletas vão treinar. Para descontrair a comitiva pentacampeã, piscina, videogame, pebolim e mesa de sinuca. Diárias em torno de R$ 680.

Inglaterra

Royal Marang Hotel

bafokengsportscampus.co.za

Assim como o Brasil, a delegação inglesa também se hospedará em um hotel recém construído. A escolha foi estratégica: o Royal Marang fica dentro do centro de treinamento Bafokeng Sports Campus, o que garante ampla estrutura esportiva. Só os campos de futebol são seis. Ainda há academia profissional, pista de atletismo, piscinas e suporte médico completo. O descanso pós-partida fica por conta das sofisticadas e modernas suítes, que certamente não vão decepcionar no quesito conforto.

França

Pezula Resort Hotel & Spa

www.pezularesorthotel.com

Os franceses querem sossego, mas não abrem mão de manter a classe. Escolheram, então, o Pezula Spa e Resort, em Knysna, para se instalarem durante a Copa. O spa com mais de 50 tratamentos estéticos estará à disposição da equipe, assim como o campo de futebol, cercado por montanhas atapetadas de pinheiros. Neste sofisticado hotel, a harmonia com a natureza é tanta que babuínos costumam "invadir" o campo de golfe atrás das bolinhas. Também não é raro avistar antílopes da varanda dos quartos. As suítes contam com lareiras, ideais para o inverno sul-africano. Diárias a R$ 1.150 (aproximadamente).

Portugal

Valley Lodge Hotel

www.valleylodge.co.za

A comitiva portuguesa estará a apenas uma hora de Johannesburgo, num clima bucólico. Às margens do Rio Magalies, o Valley Lodge conta até com santuário de pássaros. O técnico Carlos Queiroz e seus 23 homens terão 76 quartos, ginásio completo e piscinas à disposição. A satisfação seria total se também tivesse um campo de futebol para os treinos - a saída será utilizar um que fica a poucos minutos do hotel. Diárias em torno de R$ 410.

Alemanha

Velmore Hotel

www.velmore.co.za

Mesmo com a confusão que deixou dúvidas sobre a legalidade da ocupação da área do hotel, a comitiva alemã ali se instalou na quinta-feira, quando desembarcou no país da Copa. Situado entre Pretória e Johannesburgo, o complexo conta com o recém-inaugurado Velmore Grande, luxuosíssimo hotel cinco-estrelas, com suítes e spa. Seus dois restaurantes de alta gastronomia se destacam pelas seletas cartas de vinhos - pena que os atletas estarão concentrados demais para apreciá-los. Diárias em torno de R$ 540.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.