Mônica Nobrega Estadão
Mônica Nobrega Estadão

Na ilha da diversão de Vancouver, grafite dos brasileiros OsGemeos

Haja comida boa e bonita – não necessariamente barata. São caixas de cerejas frescas brilhantes de tão maduras (5 dólares canadenses, R$ 14), lascas de salmão defumado (24,90 dólares o quilo, R$ 71), pães frescos, saladas em embalagens individuais, sushis, yakissobas, sucos, vinhos. É comprar sua refeição nas bancas do Mercado Público de Granville Island e, do lado de fora, escolher um banco no deque para sentar e comer calmamente, observando o vaivém de barcos. 

O Estado de S. Paulo

15 Setembro 2015 | 00h01

Granville é uma península no False Creek que fica literalmente debaixo da ponte, uma imponente ponte metálica construída em 1951 com 27 metros de altura. Nos últimos anos, a área ganhou fôlego como empreendimento de lazer e passou a receber investimentos de toda sorte de gente criativa, como artistas, cozinheiros, designers. Turistas, claro, chegaram junto. 

Domingo é um dia festivo, com muitos forasteiros e moradores interessados na variada oferta gastronômica, nos estúdios, em moda, galerias de arte e oficinas de bicicleta. Há até estacionamento para as magrelas. E parada do Aquabus, para chegar nos barcos-táxis. 

O Mercado Marítimo é o lugar para apaixonados por barcos. Além da marina, há lojas especializadas e outras que vendem souvenirs, artesanato, joias. 

A trinca de mercados de Granville Island fica completa com o Kids Market, instalado em um prédio industrial construído quase um século atrás, em 1917. Quem está com crianças só deve entrar ali com fôlego para gastar: são 25 lojas e a oferta é variada. Roupas e fantasias, brinquedos modernos e vintage, livros e kits de mágica fazem até adultos caírem em tentação. 

A fábrica de cervejas Granville Island Brewing também faz cair em tentação. São cinco tours diários, por 9,75 dólares canadenses (R$ 28), com degustação de três tipos de cerveja. 

Antes ou depois, curta uma atração que nós, brasileiros, podemos dizer que é de casa. Os grafiteiros OsGemeos pintaram em Granville Island um mural composto por seis silos de 21 metros de altura cada. Vai dizer que não dá uma sensação de familiaridade ver os personagens gigantes da dupla? A vida, afinal, é muito curta para não se sentir em casa. 

Mais conteúdo sobre:
Vancouver Canadá Viagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.