Na pequena e árida Delos, o berço de dois deuses

Em uma de suas muitas puladas de cerca, Zeus engravidou Leto, filha de Titãs, provocando a fúria de Hera, sua mulher. Com medo da deusa traída, todas as terras gregas se negaram a receber Leto e, neste ponto, a lenda se divide. Uns dizem que Poseidon, deus dos mares, fez Delos surgir das águas para que a amante de Zeus pudesse parir sossegada. Outros juram que a árida ilha na costa de Mikonos foi convencida a aceitar Leto, que acenou com uma proposta tentadora: Delos seria para sempre adorada por causa de seus filhos. De uma forma ou de outra, lá nasceram os gêmeos Apolo (o solar) e Artemis (a caçadora). Ele ficou com as glórias e um santuário com três templos, construído entre os séculos 6.º e 5.º a.C. E a ilha por vários séculos foi alvo de peregrinação, além de importante centro comercial. O porto dessa ilhota hoje desabitada acaba atraindo os turistas que chegam a Mikonos para o verão. Afinal, meio dia longe da balada é suficiente para percorrer as ruínas, até que bem preservadas - na categoria ruínas. Os barquinhos saem de Mikonos todos os dias, exceto às segundas-feiras, quando o santuário está fechado, e custam em torno de 15 (R$ 37,33). Há, também, a opção de comprar um passeio guiado. Na Travel World (www.travel4greece.com), sai por 40 (R$ 100). Uma vez por lá, não deixe de passar nos templos de Apolo e no Lago Sagrado, que testemunhou o nascimento dos gêmeos. Imponentes leões de mármore guardam suas águas (aparentemente, existiam nove deles, mas hoje você só vê cinco). Há, também, o Santuário de Dionísio, com vestígios de monumentos fálicos, e um complexo teatral, composto de arena e casa dos atores. Se ainda não estiver sentindo o chamado da festa, passe no Museu de Delos, que guarda esculturas e relíquias encontradas no sítio, declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Entrada a 5 (R$ 12,58).

Carla Miranda, O Estado de S.Paulo

10 Junho 2008 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.