Não perca

3 Desde o Renascimento

O Estado de S.Paulo

22 Maio 2012 | 03h11

Uma manhã na Fundação Bemberg (www.fondation-bemberg.fr) é ótima pedida para admirar, em um antigo casarão de dois andares, a coleção de obras que abrange o período desde o Renascimento até Matisse, Degas, Modigliani, Gauguin e, claro, Picasso. Um passeio de duas horas por ali é suficiente. E um almoço no bistrô, providencial

4 Moda e mais

As grifes internacionais e o clima elegante das Galerias Lafayette (galerieslafayette.com) estão também em Toulouse. Além de roupas, acessórios e perfumes, a loja tem butique gourmet e sushi bar

2 Arte contemporânea

Reaberto em 2000 como espaço cultural, o complexo Les Abattoirs (foto, lesabattoirs.org) ocupa o edifício do começo do século 19 onde funcionavam os abatedouros de Toulouse. Há exposições, livraria, restaurante...

1 Doce personalidade

As lindas e delicadas flores de violeta que são uma das marcas da identidade occitana servem de base para o preparo de saborosos doces na Confiserie Regals (regals.fr) - a especialidade são as flores na versão cristalizada. O local vende ainda xaropes e licores feitos com a planta, chás, chocolate e itens decorativos de uso doméstico como potes, copos e bandejas

Como boa cidade nem tão grande, nem tão pequena, Toulouse é para se explorar em dois, três dias, com a calma que pede um período de férias digno do nome. Mas se a pressa for grande, assim como a fome, vá direto ao Marché Victor Hugo (Place Victor Hugo, marchevictorhugo.fr), o maior da cidade e um dos mais prestigiados da França, para comprar queijos, baguetes e conservas. Faça seus sanduíches (ou compre um prontinho, bem abastecido com queijo e boas fatias da bem temperada salsicha de Toulouse) e jogue-se nos gramados em frente às catedrais. Outra opção é escolher um restaurante lá mesmo, no mercado. / T.C. e R.A.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.