Nas alturas 5

Taupo é a capital dos esportes de aventura na Ilha Norte. A cidade serve como base para quem vai desbravar o Parque Tongariro (leia abaixo) e tem diversão de sobra para quem esbanja coragem.

O Estado de S.Paulo

04 Setembro 2012 | 03h11

Saltar de paraquedas ali é programa praticamente obrigatório. Há diversas operadoras na cidade - você se hospeda em um hostel, mas pode pedir para uma limusine buscá-lo antes do salto. Último pedido? Nada disso - tudo é feito com extremo profissionalismo.

Optei pela Skydive Taupo (skydivetaupo.co.nz; salto a partir de 249 dólares neozelandeses ou R$ 406). Chegando à base aérea, são dadas as instruções: como se posicionar melhor na hora da queda, como levantar os pés na aterrissagem...

Os instrutores que saltarão em dupla com os turistas passam as últimas instruções. O coração acelera, o medo é inevitável. No avião, silêncio total. Quando a aeronave alcança 12 mil pés, o instrutor dá um tapinha em suas costas - sinal de que chegou o momento. Aquele que você irá rememorar por toda a vida.

O corpo dá várias piruetas no ar até se estabilizar. A sensação de liberdade é infinita, você parece estar voando. Quando o paraquedas abre, tudo fica tranquilo.

Tente agendar seu salto para o fim da tarde, se o tempo estiver aberto. Você descerá observando o lago gigantesco que batiza a cidade, com o sol se pondo em suas águas. /T.Q.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.