Cleiton Thiele/SerraPress
Cleiton Thiele/SerraPress
PUBLICIDADE

Natal em Gramado e Canela, na Serra Gaúcha

A 32.ª edição do Natal Luz de Gramado já começou e o Sonho de Natal de Canela começa no dia 4 de novembro. Veja dicas para visitar as cidades

Bruna Toni, O Estado de S. Paulo

31 de outubro de 2017 | 04h50

  Oficialmente, faltam 55 dias para o Natal. Mas, em Gramado, as luzes já foram acesas, as árvores estão decoradas e até Papai Noel desembarcou por lá. Este ano, o Natal Luz chega à sua 32.ª edição, com atrações cada vez mais elaboradas e espetáculos que, só em 2016, atraíram 2 milhões de pessoas. Ao todo, são 81 dias de festa, que segue até 14 de janeiro. Na vizinha Canela, a apenas 7 quilômetros de distância, não é diferente: ali, o Sonho de Natal completa 30 anos em 2017 e, como presente, todas as apresentações serão gratuitas.

Com uma programação reformulada desde 2015, quando o diretor artístico Edson Erdmann foi chamado para dar outra cara ao Natal Luz, a festa de Gramado traz como novidade neste ano o show Reencontros de Natal, no Lago Joaquina Rita Bier.

Já Canela investe na iluminação especial e na decoração de seus pontos turísticos, fazendo um caminho encantadoramente natalino – obra do diretor artístico Elias da Rosa e do cenógrafo Leandro Ataídes. Lá, a festa do Sonho de Natal começa em 4 de novembro e vai até 14 de janeiro. 

Se quiser esticar a viagem, Bento Gonçalves, a duas horas de Gramado, também terá um espetáculo noturno de Natal – dentro de uma Maria Fumaça. O Natal Sobre Trilhos (giordaniturismo.com.br) contará com personagens lúdicos, performances, fogos de artifício e show a bordo do trem, que sai do Parque Temático Epopeia Italiana e oferece, durante o percurso, tábuas de frios, vinho, espumante e suco de uva. Haverá saídas nos dias 18 e 25 de novembro e 2, 9 e 16 de dezembro, a R$ 169 por pessoa.

Para começar aproveitando bem o Natal, ou melhor, os Natais de Gramado e Canela, selecionamos dicas para curtir as festas que são um verdadeiro presente de Papai Noel.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.