Renata Reps/Estadão
Renata Reps/Estadão

No Mar Negro, uma praia de pedras muito à vontade

A cidade de Simferopol, capital da Crimeia, fica no centro-sul do Estado. Voos diretos a partir de Kiev pela Ukranian Airlines partem diversas vezes ao dia. A melhor dica ao reservar um deles é escolher impreterivelmente um horário diurno, quando os transportes para chegar à costa são mais acessíveis.

SUDAK, O Estado de S.Paulo

22 Outubro 2013 | 03h12

Sudak, Sebastopol e Yalta são as praias mais disputadas da região e é possível ir até elas de táxi ou ônibus a partir da capital. Durante o verão, única época suficientemente quente para aproveitar o mar, os preços aumentam cerca de 20%. Ainda assim, os serviços são muito baratos em geral.

Depois de pegar a mala no terminal situado em uma espécie de galpão ao ar livre, procurei um táxi nas redondezas do aeroporto e entreguei ao motorista um papel com o meu endereço final. Cheguei à cidade de Sudak após uma hora e meia e cerca de 100 km de uma tortuosa rota montanha adentro.

A corrida pode variar de 800 a 1000 hryvnias ( 80 a 100). Esse trajeto custa 25 em ônibus elétrico, que sai das adjacências da estação de trem de Simferopol - do aeroporto até lá, é preciso pegar um táxi ( 5).

Os horários dos ônibus estão disponíveis no site da central de transportes terrestres ucranianos, a consultar com ajuda de um tradutor (bus.avm-travel.com/modules/pages/main/crimea/simferopol.html).

Recanto à beira-mar. A minha experiência, no entanto, não foi exatamente dentro da cidade: instalei-me na pequena baía de Veselovskaya, a cerca de 12 quilômetros de Sudak. É uma estreita praia de pedras, com dois montes delimitando a beira-mar à esquerda e à direita. O morro a oeste tem uma trilha bem demarcada que dá acesso à praia vizinha depois de mais ou menos uma hora de caminhada.

Por lá, vários turistas optam por armar suas barracas para aproveitar a praia da maneira mais barata e simples possível. O mar é calmo e há passeios de 30 minutos de banana boat a 10. Toda negociação é feita na base da mímica e de desenhos - para se ter uma ideia, eu era a primeira brasileira que as pessoas com quem me comuniquei em Sudak viam na vida.

Em Veselovskaya, pequenos chalés e bangalôs à beira-mar abrigam restaurantes e hotéis não necessariamente sinalizados, mas de ótima qualidade. É o caso do hotel Aqua Marine (aqua-marine.net.ua), uma espécie de vila com acomodações individuais e coletivas rústicas e confortáveis.

Sabor tártaro. No almoço, passe no Lezz.et Restaurant, a 50 metros do Aqua Marine, para as mais típicas refeições elaboradas pelos tártaros da Crimeia. O estabelecimento de Osman Sulaymanov, de 63 anos, é também um hotel e engaja toda a família, desde as filhas pequenas ao filho mais velho, Mohamed Ali, que mora em Simferopol e coordena de lá as atividades do pai. "Todo mundo ajuda nos negócios. É a única forma de persistirmos até o próximo verão", disse o comerciante com a ajuda de uma tradutora.

No menu tradicional da região, comece pela cachik-ach, uma saborosa sopa de raviólis ( 2). Como prato principal, prove o et cavurma ( 5), um picadinho de vitela ao molho de especiarias locais.

Para beber? Chá, pois boa parte da população local é muçulmana e não vende bebida alcoólica. "O melhor a fazer para manter a temperatura do corpo durante os dias quentes é tomar chá, assim nós transpiramos e não sentimos calor", explica Osman. / R.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.