Noite animada e irresistível

Baladas intermináveis em Hongik e programa cultural às margens do Cheonggyecheon são as opções

Filipe Serrano, O Estado de S.Paulo

25 Novembro 2008 | 02h41

No mundo inteiro, regiões com grande concentração de jovens são sinônimos de balada. E isso não poderia deixar de se repetir em Seul. Para quem gosta de vida noturna, o entorno da Universidade de Hongik é um destino mais que certeiro. Dezenas de boates levam música e diversão ao bairro constantemente lembrado como nascedouro da cena cultural independente da Coréia. É lá que os artistas iniciantes exibem seu talento, sem grandes preocupações com retorno financeiro. E onde despontam as melhores bandas underground do país. Quer dançar hip hop? Siga para Hongik. A globalização no bairro é tanta que você não deve se espantar se ouvir algo parecido com Macarena - o trecho também abriga bares latinos. No último fim de semana de cada mês, multiplique por cem a diversão graças ao Club Day. Os festeiros de plantão pagam 20 mil wons (R$ 32) pelo tíquete que dá direito a entrar nas melhores boates de Hongik. Para noites nem tão agitadas, escolha Itaewon. E você nem precisa chegar lá tão tarde assim. Vá no fim da tarde, com as lojas ainda abertas, depois escolha um dos inúmeros restaurantes da região para jantar. Cozinha internacional, se quiser. O bairro é o mais ocidental de Seul, por concentrar imigrantes e militares americanos, que até hoje permanecem no país. Em Iatewon, a escolha certeira é o Club Spy (www.spyclubseoul.com), com um bom lounge para relaxar entre uma sessão de dança e outra. Há outros clubes, bares e casas de música ao vivo na região, mas nem todos ficam abertos de madrugada. É bom checar o horário. Mesmo nos bairros sem tradição noturna há opções interessantes. Se puder, confira o The Flair, em Gangnam, perto do COEX Mall. Barmans animam os freqüentadores fazendo malabarismos com até cinco garrafas ao mesmo tempo. Em todos os bares, você vai notar, há sempre um coreano disposto a conversar. Eles puxam papo e logo se oferecem para pagar uma bebida. Não estranhe. É um costume. VIDA NOVA O Canal Cheonggyecheon é, certamente, o mais novo espaço de recreação de Seul. Vítima de décadas de abandono, o curso d?água de 6 quilômetros foi revitalizado em 2005. Com as águas despoluídas e as margens recuperadas, passou a receber eventos culturais e virou atração turística - segundo a prefeitura, o canal foi visitado por mais de 71 milhões de pessoas. À noite, o rio ganha uma iluminação especial, irresistível. COMO IR PASSAGEM AÉREA SP-Seul-SP a partir de R$ 3.126 na Air France (4003-9955), R$ 5.666,24 na United (0--11-3145- 4200) e R$ 6.744,19 na Emirates (0--11-5503-5000). Com conexão PACOTES* US$ 4.320: Seis noites, incluindo Seul, Andoung, Gyeongju e Pusan. Taks Tour (0--11) 2821-8811 US$ 4.810: 3 noites em Seul, 2 em Gyeongju e 1 em Pusan. Sem Fronteiras (0--11) 2091-3595 US$ 4.890: 3 noites em Seul, 2 em Gyeongju e 1 em Pusan. Tia Augusta (0--11) 3068-5111 US$ 5.200: 3 noites em Seul, 1 em Andong e 2 em Gyeongju. Inside (0--11) 4508-8010 US$ 5.238: 4 noites em Seul, 1 em Gyeongju e 1 em Pusan. Rapi10 (0--11) 3218-7301 US$ 5.739: 6 noites, incluindo Seul, Gyeongju e Pusan. Intravel (0--11) 3206-9000 US$ 5.850: 4 noites em Seul, 1 em Andong e 2 em Gyeongju. Alemar (0--11) 3815-7585 US$ 7.101: Nove noites, incluindo Seul, Gyeongju e Ilha Jeju. Top Brasil (0--11) 3926-8000 *Preços por pessoa em quarto duplo com passagem aérea, café e passeios

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.