Divulgação
Divulgação

Noites em pleno Adriático

Durante o dia, você pode se esbaldar nas praias paradisíacas, aproveitar o sol escaldante, as águas azul-turquesa. Por lá ficar até o amanhecer, curtindo as baladas pé na areia que conferem ao destino o apelido de 'nova Ibiza' europeia. Na Croácia, há como passar todo o tempo rodeando o Mar Adriático. Até mesmo na hora de dormir: faróis que se espalham pelas ilhas do país se tornaram versões confortáveis (e inusitadas) de hospedagem.

BRUNA TIUSSU, O Estado de S.Paulo

24 Abril 2012 | 03h08

Dos 45 faróis salpicados pela costa, 13 recebem hóspedes, funcionando como hotéis convencionais. Dois deles são novidade: o Verudica, ao norte do país, na ilha de Veruda; e o Marlena, a sudoeste da península de Istria. Ambos foram reformados justamente para se adequar aos visitantes. Assim como os demais (confira os detalhes no site lighthouses-croatia.com), oferecem uma experiência única, onde a paisagem noturna se resume ao céu estrelado sobre o Adriático e a trilha sonora, ao barulho das ondas. Tal oportunidade faz com que exista até listas de espera em alguns deles. Conheça os principais:

Savudrija. Construído em 1818 na ponta mais ao norte, junto à fronteira com a Eslovênia, é o farol mais antigo da Croácia. Chegar até lá é fácil: são só 7 quilômetros de Umag, ponto de partida tradicional. Quanto à hospedagem, a torre de 36 metros de altura possui apenas um apartamento, para quatro pessoas, com sala, cozinha e banheiro. Para o lazer, além do mar propício para mergulho e windsurfe, há um lindo jardim com plantas mediterrâneas, típicas dali, no caminho entre o farol e a praia. O aluguel de sete dias do apartamento custa desde 729, na baixa estação.

Veli Rat. Mais longe da costa, a 35 quilômetros de Zadar, o farol de Veli Rat encanta logo na chegada. Localizado no pontão da ilha de Dugi Otok, está banhado por duas praias e, atrás dele, uma extensa área de pinheiros toma conta da paisagem. Tal panorâmica pode ser o principal motivo da longa lista de espera para passar noites ali. Além da torre do farol, onde estão dois apartamentos - a 40 metros de altura, com uma vista incrível do Adriático -, o extenso pátio pavimentado abriga uma antiga e delicada igrejinha. Uma semana de hospedagem em apartamento para três pessoas custa desde 749.

Palagruza. São cerca de três horas de travessia de Korcula até a ilha de Palagruza, a mais distante da costa da Croácia. O farol, no alto de 90 metros, foi construído em 1875 e conta com dois quartos para hóspedes, cada um acomodando quatro pessoas. Pela distância e isolamento, recomenda-se providenciar todo o mantimento necessário antes de partir para lá. E crianças são bem-vindas: há duas trilhas que levam para praias paradisíacas e de águas calmas, ideais para os pequenos. O aluguel de uma semana de um quarto sai por a partir de 349.

Plocica. Localizado na ilha homônima, fica entre duas das mais conhecidas: Korcula e Hvar. O farol de 1887 é um dos que comporta mais visitantes: até 14, divididos em dois apartamentos, um para seis e outro para oito pessoas. Dica: escolha o do canto nordeste do 1.º andar, onde à noite há como apreciar as luzes de dois faróis vizinhos, o de Hvar e Lovisce. A construção possui amplo terraço e árvores centenárias que garantem a merecida sombra na parte externa. Quanto às praias, espere uma de pedra, ao sul, e, ao norte, águas que mais parecem uma lagoa cercada por areias finas. O apartamento para seis pessoas custa desde 649 por sete noites.

 

Suítes exclusivas e vistas exuberantes pelo mundo

Além de farol, um hotel de luxo. É assim que o Corsewall (lighthousehotel.co.uk), na Escócia, se apresenta. Possui cinco quartos com decoração art nouveau acomodados na sua estrutura original (de 1815), salas para eventos e um sofisticado restaurante. A apenas 25 minutos da cidade de Stranraer, além de todo conforto, chama atenção pela magnífica vista panorâmica.

Na baía de São Francisco, Califórnia, o farol de East Brother (ebls.org) também funciona como um cama & café. Em estilo vitoriano, o espaço foi recém-reformado - cada um dos cinco quartos exibe uma decoração diferente. Para o jantar, gastronomia refinada acompanhada de vinho ou champanhe. O local conta com um guia que leva os turistas para conhecer a ilha.

Outro dos hotéis-farol mais exclusivos fica a 110 quilômetros de Amsterdã, na cidade de Harlinger. Há apenas um apartamento, e quem passa a noite lá nem reclama da cansativa escada em caracol que leva até lá o topo da construção, onde uma exuberante vista se abre. Erguido em 1920, só virou hotel em 1999, com todas as regalias: além da mais confortável suíte, com amenities de grife, há uma aconchegante área de jantar no terceiro andar, sob a cúpula do farol. Site: vuurtoren-harlingen.nl. /B.T.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.