Nos recantos do Biri-biri, esticada refrescante

Quem resolve esticar a estada em Diamantina ou fazer um desvio antes de colocar o pé (ou as rodas) na Estrada Real tem belas opções nos arredores. O Parque Estadual do Biri-biri é um destes cantos que parecem parados no tempo. Ao redor de uma das menores (e mais agradáveis) vilas povoadas do País, onde só três pessoas vivem permanentemente, um punhado de belas cachoeiras proporciona aquele refresco sempre que o calor aperta.

O Estado de S.Paulo

23 Setembro 2014 | 02h06

Mais popular, a Cachoeira dos Cristais é ponto de encontro de moradores, que tomam cerveja no fim de tarde e nadam em seu amplo poço. A cor escura da água é bem típica da Serra do Espinhaço, a maior cordilheira brasileira, que se estende por mais de 1,5 mil quilômetro, daqui até a Chapada Diamantina, na Bahia. Já a Cachoeira da Sentinela tem menos área para banho, porém suas águas esverdeadas translúcidas mudam de cor conforme o ângulo que se olha. O acesso a ambas é gratuito. / F.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.