Korubo|Divulgação
Korubo|Divulgação

Nova novela apresenta belezas naturais do Jalapão, no Tocantins

Conheça as atrações que servem como cenário para "O Outro Lado do Paraíso"

O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2017 | 18h36

Quado Gael (Sérgio Guizé) e Renato (Rafael Cardoso) brigam pelo amor de Clara (Bianca Bin) no capítulo de estreia da nova novela O Outro Lado do Paraíso, tinham como cenário a incrível beleza do Jalapão. O conjunto de cinco áreas de conservação que abriga o Parque Estadual do Jalapão, com 34 mil  quilômetros quadrados de natureza intacta no Tocantins foi escolhido para ser apresentado para milhões de brasileiros no folhetim da TV Globo. A novela, que começou mostrando a luta dos dois na formação rochosa de Pedra Furada passou por três das principais cidades da região: Ponte Alta, São Félix e Mateiros. Coincidentemente, três dos principais destinos turísticos do Jalapão.

Para se apaixonar pelo exuberante cenário do cerrado, com cachoeiras, rios, serras, dunas gigantes e intermináveis mares dourados de capim (usado para artesanato típico da região) pode começar a viagem justamente por Ponte Alta, a porta de entrada do Jalapão.

Lá, seguir algumas recomendações é essencial para um passeio tranquilo. A mais importante é não seguir viagem sem um guia e um veículo 4x4. A estrada de Palmas até ali (cerca de 152 quilômetros) é asfaltada, mas dali para frente todo o trecho é terra e com poucas oportunidades de ajuda em caso de problemas com o carro.  Algumas agências oferecem inclusive um veículo especial para o passeio, mas caso você esteja com um carro apropriado é possível contratar apenas o guia e fazer trajetos de um dia, se hospedando em Mateiros ou em Ponte Alta.

O ideal é procurar por empresas cadastradas no Ministério do Turismo (turismo.to.gov.br/servicos/guias-de-turismo/). Algumas delas são autorizadas a montar campings dentro do Parque Estadual. A Korubo (safarinojalapao.com.br) inventou os safáris no Jalapão - leva para percursos de seis dias por R$2.580. A Pisa (pisa.tur.br) também oferece pacotes completos, com a mesma duração, por R$ 2.260. 

 

Ponte Alta

É a maior cidade da região do Jalapão. Ali é o ponto de partida para duas das atrações naturais mais conhecidas e procuradas (e que foram palco de cenas para a novela global). O primeiro passeio é pelo Cânion Sussuapara, a 12 quilômetros do centro da cidade. Com 12 metros de altura, uma pequena cachoeira escorre por ele, formando piscinas naturais ao longo do cânion. O lugar foi o cenário para um dos encontros românticos dos primeiros capítulos, entre Clara e Gael (personagens de Sérgio Guizé e Bianca Bin).  No pôr do sol, a dica é ir até a Pedra Furada, aproximadamente 30 quilômetros distante da cidade. Lá, uma formação natural de arenito em formato de pórtico serve como moldura para a despedida do dia no cerrado. Além da briga por ciumes do primeiro capítulo, foi gravado no cenário o primeiro beijo de Clara e Gael. 

São Félix

Localizada a 263 km de Palmas, quase na fronteira com o estado do Maranhão, a cidade é o ponto de encontro para quem deseja praticar rafting no Rio do Sono, o maior localizado totalmente dentro do Tocantins. Para quem deseja tranquilidade, o Fervedouro do Alecrim (1,7 km do centro de São Félix) e da Bela Vista (1 km da cidade) são as opções. Ambos ficam em propriedades privadas e cobram entrada: R$ 10 o do Alecrim, R$ 15 o da Bela Vista. Contam com um restaurante que serve refeições simples. Leve dinheiro vivo porque não são aceitos cartões de crédito ou débito.

Os fervedouros são poços de água transparente que borbulham constantemente facilitando a flutuação. No Bela Vista foram gravadas cenas ainda inéditas: Em meio as borbulhas, o encontro entre Raquel (Erika Januza) e Bruno (Caio Paduan). Clara e Gael também utilizarão as piscinas naturais como cenário para um romance. 

Mateiros

Vila mais distante dentro do território do Jalapão, Mateiros fica a 310 quilômetros de Palmas. É nessa região que estão os povoados de Mumbuca e Prata, que sobrevivem da colheita e artesanato do capim dourado. O melhor lugar para se comprar uma lembrança é em Mambuca, a 22 km do centro de Mateiros. Outra dourada atração que atrai os turistas são as Dunas do Jalapão, com até 40 metros de altura. Aqui não tem escolha: são 4 horas de viagem (saindo da TO-255, vindo de Palmas) que exigem um veículo com tração nas quatro rodas. A cena do pedido de casamento de Gael para Clara foi gravada ali. Outro cenário nas dunas foi o bar do Josafá (personagem de Lima Duarte), construído pela produção e já destruído. Explica-se: a vilã Sophia (Marieta Severo) irá incendiar o estabelecimento em capítulos futuros. 

 

Em Mateiros também ficam duas das mais importantes cachoeiras do Jalapão. A primeira é a Cachoeira do Formiga. Assim como os fervedouros, fica em área particular (cobra-se R$ 20). Vale a pena: a cor azul da água encanta tanto que ela foi utilizada como cenário para a novela O Outro Lado do Paraíso (e recebeu elogios do elenco pelas redes sociais). Os casais Clara e Gael e Raquel e Bruno também frequentam a Cachoeira do Formiga.

Outra que vale a visita é a Cachoeira da Velha. Devido ao enorme volume de água, é conhecida como "mini Foz do Iguaçu" e portanto, o banho não é permitido por questões de segurança.

 

 

bruno e raquel na #cachoeiradoformiga ...❤️ #vemaí #ooutroladodoparaíso #novadasnove #bruquel Foto de @raquelcunha.foto .

Uma publicação compartilhada por Caio Paduan (@caiopaduan) em

 

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.