O autêntico pesto

Depois de viver na Ligúria por quatro anos, comi pesto (molho à base de manjericão), especialidade culinária que mais define a região, sobre tudo o que se pode imaginar. Mas a versão mais fresca e cremosa que provei veio de uma máquina, a Pesto Mat, num vilarejo na costa lígure. A máquina foi desativada, mas a loja prospera. A Bajeico (manjericão no dialeto lígure; bajeico.it) fica no fim de um beco, atrás da fileira de casas que se alinham no cais de Porto Venere. Dentro da loja, potes com pesto caseiro, produzido diariamente. Um de 200 gramas custa 7. / INGRID K. WILLIAMS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.