Mônica Nóbrega/AE
Mônica Nóbrega/AE

O decorador dos ícones de Brasília

Azulejos e painéis criados por Athos Bulcão, o decorador da capital do País, viram roteiro turístico

Mônica Nóbrega, O Estado de S.Paulo

15 Setembro 2009 | 03h14

Se Lúcio Costa foi o urbanista e Oscar Niemeyer o arquiteto de Brasília, Athos Bulcão pode ser considerado o seu decorador. O artista plástico morreu em julho do ano passado, mas deixou de herança um acervo de mais de 260 obras.

As criações de Bulcão estão de tal forma integradas à paisagem de Brasília que seus famosos azulejos com formas geométricas e seus painéis de mármore agora fazem parte de um roteiro turístico temático. Batizado como Brasília em Athos, o passeio foi criado pela Tríade, empresa de educação e conservação do patrimônio, e inclui pelo menos 15 pontos fundamentais onde o visitante pode admirar as obras do artista.

Nascido a poucos passos da Baía de Guanabara, Athos Bulcão trocou a paisagem carioca pela do cerrado em 1958, quando tinha 40 anos e a capital federal era pouco mais que um canteiro de obras de grandes proporções. O motivo, dizem, teria sido a beleza do céu e do manto cintilante de estrelas.

 

Veja também:

linkCírculos e triângulos no Plano Piloto

Tudo o que surgiu de importante no Plano Piloto nos 50 anos seguintes ganhou o toque de Athos Bulcão. Do Palácio do Planalto à Catedral Metropolitana, do Teatro Nacional à Universidade de Brasília, da Torre da TV ao Parque da Cidade. Sua primeira obra, a Catedral Nossa Senhora de Fátima, conhecida como Igrejinha, é também a única figurativa - pode-se identificar pombas desenhadas nos azulejos. Todas as outras são abstratas combinações de cores e figuras geométricas

LOJA

Segundo a Fundação Athos Bulcão, que catalogou o acervo do artista pela cidade, há uma outra face de sua criação, menos conhecida do público: os desenhos e quadros.

Alguns exemplares originais com tiragem limitada estão à venda na sede da instituição (desde R$ 800). Na lojinha, incluída no tour, há também suvenires: camisetas, pratos, canecas e, é claro, azulejos (em tiragem limitadíssima).

linkFundação Athos Bulcão: SAN Quadra 01 Bloco E. Tel.: (0--61) 3322-7801; fundathos.org.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.