O melhor das cidades, sem fazer esforço

.

13 Outubro 2009 | 01h41

Para quem quer explorar o máximo no menor tempo. Ou, simplesmente, está com preguiça. Espécie de patinete motorizado, o segway mostrou-se eficiente para apresentar grandes cidades a turistas apressados e ganhou o mundo. Confira por onde deslizar:

Paris | Escolha: percorrer as atrações básicas de Paris durante o dia ou sob as luzes que dão uma cor especial aos monumentos à noite? Seja qual for sua opção, o itinerário será o mesmo: Torre Eiffel, Louvre, Museu D'Orsay, Arco do Triunfo... Para dar conta de tantas atrações, só mesmo com quatro horas de passeio. E talvez você ainda ache pouco. As visitas internas, porém, devem ficar para depois: o segway não é admitido dentro dos museus parisienses. As opções de horário variam conforme a estação do ano, dois deles são fixos: 9h30 e 18h30. Preço: € 75 (R$ 193). Reservas pelo site: www.citysegwaytours.com/paris.

Washington | Na capital dos Estados Unidos, os edifícios históricos podem estar atrás de qualquer esquina. É possível conhecer grande parte deles em aproximadamente três horas no passeio de segway. Sem cansar as pernas, os visitantes passam por pontos obrigatórios como Casa Branca, Capitólio, Suprema Corte, Museus do Instituto Smithsonian... Os grupos, que se limitam a oito pessoas, recebem orientações de guias sobre a história da cidade e de seus principais edifícios. O tour da City Segway Tours custa U$ 70 (R$ 122) por pessoa e pode ser agendado no www.citysegwaytours.com/washington-dc. Há três opções de horário: às 10, 14 e 18 horas.

Amsterdã | Fica ainda mais fácil andar pela plana Amsterdã sobre as duas rodas do segway. Enquanto outras cidades investem em trechos urbanos, os percursos de lá são voltados a paisagens mais arborizadas. Há quatro diferentes rotas para escolher. Em uma delas, os visitantes são levados a dar uma volta completa no Lago Bosbaan, na área do bosque Amsterdamse Bos. Outra inclui o Vondelpark, um dos maiores parques da cidade - ótimo para fazer uma pausa para o café. Os tours, oferecidos pela iGo Events, duram cerca de 2h30, incluindo o treinamento para conduzir o segway. Mais informações pelo e-mail sales@igo.nu.

Filadélfia | Pode ser muito prazeroso percorrer a famosa Benjamin Franklin Parkway no conforto de um segway. No início da avenida está a fonte que é o símbolo da cidade. E, no fim, o Philadelphia Museum of Art, cuja escadaria foi palco de cenas memoráveis dos filmes do boxeador Rocky. Mas, se quiser imitar o personagem e tentar subir as escadas correndo, terá de deixar o segway de lado. O tour passa ainda pelo Fairmount Park e pode ser feito à noite, na www.phillytours.us.

Mais conteúdo sobre:
Viagem & Aventuracity tour

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.