Reprodução
Reprodução
Imagem Adriana Moreira
Colunista
Adriana Moreira
Conteúdo Exclusivo para Assinante

O que aprendemos com as viagens de ‘Friends’

Confira algumas lições e alertas deixados pelos seis amigos quando se aventuram juntos para fora de Nova York

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2019 | 06h43

Costumo dizer que há um episódio de Friends para cada situação da vida real. Isso se aplica também às viagens feitas pelos seis amigos ao longo dos dez anos da série – que celebrou 25 anos de seu lançamento este mês. Como fã de carteirinha, listei aqui algumas lições deixadas pelos seis amigos quando se aventuram juntos para fora de Nova York.

Em um fim de semana na praia (T03, E25 e T04, E01)

A aventura dos seis amigos na praia é repleta de alertas. O primeiro: busque o máximo de referências sobre a hospedagem. Phoebe ficou feliz por ter conseguido a casa em Montauk emprestada, mas chegando lá descobre que uma enchente havia deixado a casa forrada de areia. Em vez de passar o fim de semana limpando o local, eles decidem deixar como está e fazer da casa uma extensão da praia. 

A lição número 2 é avaliar o potencial de a viagem dar ruim com base em quem vai estar nela. Quando seu ex-namorado (Ross) vai com a nova namorada (Bonnie), pense se vale a pena passar um fim de semana inteiro vendo como eles estão apaixonados. Por outro lado, a ex (Rachel) do seu atual namorado estar na mesma viagem também não é um bom sinal. Ainda que as relações do seu grupo não seja complexa como a dos personagens, pense que viajar junto deixa tudo mais intenso. Se tem uma pessoa da qual você não é lá muito fã, de duas, uma: ou vai perceber que ela tem mais qualidades do que você pensava ou ela será mais irritante do que nunca. 

Checar o histórico da previsão do tempo (T09, E23 e T10, E01)

Escolher a época certa para viajar é importante. Quando a turma vai a Barbados durante o congresso de paleontologia de Ross, ninguém checa a previsão do tempo. Normalmente, eventos desse tipo são realizados na baixa temporada, durante a época de chuvas e furacões (no Caribe, de junho a novembro), quando as diárias dos hotéis são mais baratas. A economia pode valer a pena, mas esteja consciente que chover a semana toda é uma possibilidade. 

O que se pode levar dos hotéis (T09, E19)

Quando Ross e Chandler vão juntos à romântica Vermont, Ross ensina os limites (um pouco elásticos) do que se pode levar de um hotel. Em tese, tudo o que tem a marca do hotel é feito para ser uma lembrança: canetas, lápis, bloquinho (e até pantufas, em alguns casos), além dos ammenities do banheiro. Repare: itens como cinzeiros e copos já não trazem a marca dos hotéis para não despertar o desejo de levá-los de souvenir. Muitos estabelecimentos já colocam no quarto o preço dos itens que não podem ser levados, como toalhas e roupões, para evitar mal-entendidos.

Entrar no mapa (T04, E23)

Na viagem dos amigos a Londres para o casamento de Ross, Joey encontra uma maneira infalível de se localizar em uma era pré smartphones: entrar no mapa. Atualmente, o Google Mapas tem uma maneira de fazer quase a mesma coisa: o Live View. O app usa realidade aumentada para literalmente colocar o usuário dentro do mapa. Depois de ativar o recurso, basta apontar a câmera do celular para uma placa ou edifício para que a tela do celular inclua na paisagem as setas que indicam o caminho. 

Curtir a viagem

Não importa o perrengue: os amigos sempre acabavam encontrando um jeito de se divertir. O que prova que, mais importante do que fazer a viagem perfeita é aproveitar as companhias, mesmo que isso implique abrir mão de eventuais planos. Quando Chandler implica com o comportamento de turista deslumbrado de Joey na mesma viagem a Londres, é ele quem fica no quarto, entediado, enquanto Joey faz novas amizades. Que tal se importar menos com o que os outros pensam e garantir que a viagm renda boas memórias?

Tudo o que sabemos sobre:
Friendspraiahotelsérie e seriadomapa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.